Com gol de Marquinhos, Brasil vence o Peru no último minuto

Sem criar muito em campo, Seleção Brasileira enfrentou dificuldades contra a forte marcação peruana, mas conseguiu a vitória na bola parada.
Com gol de Marquinhos, Brasil vence o Peru no último minuto (Foto: Vitor Silva/CBF)
Com gol de Marquinhos, Brasil vence o Peru no último minuto (Foto: Vitor Silva/CBF)

Na noite desta terça-feira (13), a Seleção Brasileira foi a Lima, no Peru, para encarar a Seleção Peruana no Estádio Nacional pelas Eliminatórias da Copa do Mundo 2026. A marcação forte e alta da equipe da casa travou o esquema de jogo do Brasil e quase garantiu o empate.

Pela segunda vez a frente da Seleção Brasileira, Fernando Diniz enfrentou dificuldades diante de uma Seleção Peruana bem postada defensivamente. Ao contrário do que aconteceu contra a Bolívia, neste segundo jogo o Brasil não conseguiu criar e finalizar com tanta qualidade e precisão.

Principal responsável pela criação no meio-campo da Seleção, Neymar criou pouco e por vezes precisou ir buscar a bola na defesa Brasileira. Enquanto isso, o Peru avançava a marcação, pressionando o Brasil em seu campo.

Apesar disso, a Seleção Brasileira ainda marcaria dois gols na partida. Primeiro com Raphinha e depois com Richarlison, mas a posição irregular de Neymar no primeiro lance e do próprio ‘Camisa 9’ no segundo lance, motivaram as corretas e morosas anulações dos gols.

Mesmo diante das dificuldades enfrentadas pelo Brasil em campo, Diniz pouco mexeu na equipe. Além de Gabriel Jesus, que entrou aos 19′ minutos do segundo tempo, as demais substituições ocorreram apenas aos 39′ minutos da etapa final.

Foi somente aos 44′ minutos do segundo tempo que a Seleção Brasileira finalmente marcou seu primeiro gol. Marquinhos de cabeça marcou após cobrança de escanteio de Neymar. Final Peru 0x1 Brasil!

Como foi Peru x Brasil?

Em seu segundo jogo pela Seleção Brasileira, Fernando Diniz repetiu a escalação que levou a campo contra a Bolívia. Enquanto isso, sob a liderança em campo de Paolo Guerreiro, o Peru acreditava em fazer história e vencer pela primeira vez o Brasil em uma Eliminatória de Copa.

Nesse sentido, o esquema com forte toque de bola a começar pela defesa, que caracteriza o “Dinizismo” não conseguiu obter bons resultados. Ao contrário disso, a tática levou a equipe peruana a pressionar o Brasil em seu campo defensivo.

Apesar da pressão, Diniz insistiu na tática enquanto pedia calma aos jogadores, garantindo que o jogo iria encaixar. Apesar de não funcionar tão bem quanto esperava o treinador, a tática pôde criar oportunidades para a Seleção Brasileira.

Contudo Richarlison e Neymar, impedidos nos dois gols marcados pelo Brasil na primeira etapa, levaram os lances a serem invalidados. Diferente do que aconteceu contra a Bolívia, contra o Peru a Seleção não conseguia criar boas oportunidades com a mesma frequência. Assim a primeira etapa de jogo terminou mesmo em 0x0.

Marquinhos Perú x Brasil no Estadio Nacional, Lima – Perú, Brasil. Eliminatórias 2026. Foto: Vitor Silva/CBF

Segundo Tempo

Na segunda etapa, o jogo continuou truncado, fazendo a função principal como homem de criação, Neymar voltava, mas pouco conseguia produzir na função. Enquanto isso, Rodrygo, a quem Diniz tentava fazer recuar para ajudar o meio na criação, esteve longe de ter a atuação que vimos no jogo de Belém.

Melhor do que atuou contra a Bolívia, mas ainda abaixo do que pode e sabe jogar, Richarlison deu lugar a Gabriel Jesus. Apesar disso, a mudança também não foi capaz de melhorar a criação de oportunidades.

Já passavam dos 40 minutos quando Diniz faria sua próxima substituição, desta vez Vanderson, Joelinton e Martineli viriam a campo nos lugares de Danilo, Bruno Guimarães e Raphinha.

Marquinhos Perú x Brasil no Estadio Nacional, Lima – Perú, Brasil. Eliminatórias 2026. Foto: Vitor Silva/CBF

O gol brasileiro só viria aos 45 minutos da segunda etapa, no “apagar das luzes”, o escanteio cobrado por Neymar encontrou Marquinhos. O zagueiro do PSG antecipou no primeiro poste a defesa peruana e o desvio certeiro foi parar no fundo do gol. Final Peru 0x1 Brasil!

Próximos jogos do Brasil

A Seleção Brasileira voltará a se reunir em outubro na próxima rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo 2026. Contra a Venezuela, o Brasil jogará em casa na Arena Pantanal, em Cuiabá, no Mato Grosso. A partida acontece às 21h30 (horário de Brasília), no dia 12 de outubro.

Na sequência, o Brasil enfrentará sua primeira Seleção Campeã do Mundo, o Uruguai. A partida na casa Uruguaia acontecerá no Estádio Centenario, em Montevidéu. O jogo está agendado para às 21h00 (horário de Brasília), no dia 17 de outubro.

COMPARTILHE: