Oito vezes Messi: craque argentino conquista a Bola de Ouro 2023

Ao receber o prêmio pela oitava vez, o astro fez questão de compartilhar o mérito com seus companheiros da Seleção Argentina e citar o eterno Diego Maradona.
Oito vezes Messi: craque argentino conquista a Bola de Ouro 2023 (Divulgação: Ballon d'Or 2023)
Oito vezes Messi: craque argentino conquista a Bola de Ouro 2023 (Divulgação: Ballon d'Or 2023)

A revista France Football revelou nesta segunda-feira (30), os vencedores do Ballon d’Or 2023 (Bola de Ouro 2023). Entre os prêmios, o de Melhor Jogador da Temporada foi para o astro da Seleção Argentina e do Inter Miami, Lionel Messi. Com o troféu, o jogador se tornou o único na história a ser eleito oito vezes como Melhor do Mundo.

Após quase dois meses de espera, finalmente conhecemos o Bola de Ouro 2023 e este é Lionel Messi. O craque argentino disputou com mais 29 indicados ao título, entre eles o brasileiro Vinícius Jr, do Real Madrid.

A premiação é um reconhecimento aos melhores jogadores da temporada. Além de Messi, Aitana Bonmatí, do Barcelona foi eleita a melhor jogadora do mundo e se tornou a primeira entre homens e mulheres a conquistar todas as premiações individuais de melhor jogadora no futebol.

As demais premiações entregues pela France Football foram o Troféu Yashin de Melhor Goleiro, concedido a Emiliano Martínez; o Troféu Kopa de melhor jogador jovem, conquistado por Jude Bellingham; o Troféu Sócrates, destinado a causas sociais, conquistado pelo brasileiro Vinicius Jr; e o Troféu Gerd Müller, dado ao artilheiro da temporada Erling Haaland.

O Manchester City, no futebol masculino, e Barcelona, no feminino, foram eleitos os melhores clubes da temporada. No prêmio Bola de Ouro, a eleição dos craques é feita por jornalistas de diferentes países, representando o Brasil tivemos o voto do narrador Cleber Machado, hoje no SBT.

Messi: O fim da jornada de uma lenda do esporte

Aos 36 anos, o craque argentino Lionel Messi é sem dúvida uma lenda viva e ainda a desfilar pelos gramados do mundo do futebol. A conquista da Copa do Mundo com a Argentina e o da oitava Bola de Ouro, já nesta etapa final de sua carreira, servem para reafirmar o seu nome na história do futebol.

Apesar disso, ao ser escolhido pela oitava vez o Melhor do Mundo, o Camisa 10 da Albiceleste fez questão de dividir os méritos com seus compatriotas.

“Antes de mais nada, gostaria de agradecer a todos aqueles que votaram, que me fizeram vencedor deste prêmio, e claro, a todos os meus companheiros, jogadores de seleção. Isso dependeu da seleção argentina, o trabalho de toda uma equipe. Lautaro, Julián, Dibu. Um presente para todo nosso grupo argentino. Feito histórico o que conseguimos”, destacou o astro e capitão da Argentina.

Atualmente no Inter Miami, Messi fez história também ao ser o primeiro jogador de um clube de fora da Europa a conquistar a premiação. Curiosamente a honraria foi recebida das mãos de David Beckham, ex-astro da Seleção Inglesa e um dos donos do clube onde o argentino joga atualmente.

No Top 3 melhores da temporada Erling Haaland e Kylian Mbappé, respectivamente segundo e terceiro colocados, foram também reconhecidos por Messi. O craque argentino dedicou a eles uma parte em seu discurso. “Haaland, Kylian, vocês tiveram um ano incrível, jogaram muito bem no nível individual e coletivo. Haaland, espetacular o que você conseguiu. Sem dúvida nos próximos anos esse prêmio será de vocês”, reconheceu.

Messi, que deverá encerrar sua carreira nos próximos anos, agradeceu também as pessoas que o apoiaram ao longo dos últimos anos. Aqueles que torceram por ele e pela Argentina na última copa. O craque aproveitou ainda para dedicar a conquista a sua esposa e filhos, além de honrar a Diego Maradona, que caso estivesse vivo, completaria 63 anos, nesta segunda-feira (30).

A escolha foi justa? Confira algumas estatísticas sobre a temporada dos favoritos ao título:

Entre os 30 nomes indicados a Bola de Ouro da France Football, três despontavam como favoritos: Lionel Messi, Erling Haaland e Kylian Mbappé.

Para o recorte da temporada 2023 foram levados em consideração os desempenhos dos jogadores entre a metade de 2022 e a metade de 2023, de acordo com a temporada Europeia. Nesse sentido, o recorte contemplou também o desempenho à frente das respectivas Seleções na Copa do Mundo 2022, ocorrida em novembro/dezembro do ano passado.

JogadorJogosGolsAssistênciasParticipações diretas por jogoTítulos
Lionel Messi5438251,16Campeonato Francês, Supercopa da França e Copa do Mundo
Erling Haaland5756101,15Champions League, Premier League e FA Cup
Kylian Mbappé5654131,19Campeonato Francês e Supercopa da França

Messi ultrapassou Pelé

Considerado o Rei do Futebol e maior de todos os tempos, Pelé nunca conquistou uma Bola de Ouro durante sua carreira. Ou, mais justo seria dizer que o prêmio dado pela revista France Football desde 1956, “nunca teve a honra” de ser recebido pelo Rei enquanto jogador.

Isso aconteceu pois embora o prêmio existisse desde 1956, ele contemplava apenas jogadores do futebol europeu. Deste modo, Pelé nunca chegou a concorrer a ele efetivamente, assim como ocorreu ao craque argentino Diego Maradona, entre outros.

Apesar disso, em 2015, a revista fez uma revisão na lista de ganhadores da honraria. Usando as regras atuais e aplicando desde o início da premiação, Pelé teria ganho, segundo a France Football um total de 7 Bolas de Ouro (1958, 1959, 1960, 1961, 1963, 1964 e 1970).

Desse modo, a oitava Bola de Ouro recebida por Messi seria capaz de desempatar a disputa. E neste critério, colocar o argentino a frente Pelé como maior jogador a ser contemplado com o prêmio.

COMPARTILHE: