PSG definiu quanto quer receber por venda de Mbappé

Caso decida contar com o atacante francês nesta temporada, os merengues terão de desembolsar R$ 1 bilhão para o PSG
PSG definiu quanto quer receber por venda de Mbappé - Foto: Christian Gavelle / PSG
PSG definiu quanto quer receber por venda de Mbappé - Foto: Christian Gavelle / PSG

Agora é oficial, Kylian Mbappé tem um valor definido para deixar o Paris Saint-Germain. O clube firmou em 200 milhões de euros (cerca de 1 bilhão de reais) o valor pelo qual topa negociar o atacante de 24 anos.

Atualmente o atacante francês possui contrato com o PSG até junho de 2024 e já anunciou que não deseja renovar com o clube. Assim, embora o desejo do gigante do futebol francês seja pela permanência do seu maior jogador, o Paris já definiu o valor para evitar perder sua principal estrela de graça.

Nesse sentido, caso não consiga vender Mbappé ainda este ano, o clube pode ver o maior jogador francês na atualidade assinar um pré-contrato em janeiro com qualquer outro clube. Assim, a contragosto, o presidente do clube, Nasser Al-Khelaifi está buscando se adiantar e fechar o negócio na atual janela de transferência.

“Se Kylian Mbappé quer ficar, nós queremos que Kylian permaneça. Mas ele precisa assinar um contrato novo. Não podemos deixar o melhor jogador do mundo atualmente sair de graça. É impossível. É um clube francês. Ele disse que não sairia gratuitamente. Se ele mudou de opinião, não é culpa minha”, declarou Al-Khelaifi, durante entrevista coletiva na última quarta-feira (05), realizada no novo CT do clube, em Poissy.

A troca de Cartas entre Mbappé e PSG

No centro da polêmica sobre a venda ou continuidade de Mbappé no PSG estão algumas cartas trocadas entre o clube e o jogador desde 2022. Há época o atacante francês teria assinado uma carta explicando sobre sua vontade de deixar o clube e não renovar o contrato até 2025.

Curiosamente, no entanto a carta só foi entregue de fato por ele ao clube recentemente, o que obviamente irritou o mandatário do PSG. Desse modo a resposta pública de Al Khelaifi não vem por acaso, para o magnata catari é “impossível” que o clube não lucre com a saída do jogador.

Assim o tom mais agressivo adotado pode ser o fim de uma relação muito poderosa entre o jogador e o clube. Em sua última renovação o PSG deu “privilégios” ao jogador que conferiram a ele um status de “dono do time“.

Bem verdade, que nem todas as promessas feitas pelo clube francês se confirmaram. Algumas delas, referentes a contratações que alavancariam ainda mais o projeto esportivo da equipe não puderam ser cumpridos em sua totalidade. O que de acordo com o clube, aconteceu em virtude de regras financeiras as quais o PSG está submetido, como o próprio esclarece ao jogador em trecho de uma das cartas.

É verdade que havíamos falado de um projeto com contratações muito ambiciosas e que não conseguimos realizar na íntegra devido às condições do mercado e às regulamentações francesa e europeia. Condicionantes que não controlamos, mas apesar das quais tentamos para satisfazer os seus pedidos, ao contrário do que teríamos feito para qualquer outro jogador”, diz parte do texto revelado pelo jornal francês L’Équipe.

Real Madrid

Principal interessado em contar com Mbappé para essa temporada, o Real Madrid tem uma oportunidade muito boa, mas que requer uma boa análise. Se aguardar até janeiro, poderia contar com o craque assinando sem custos de transferência.

Contudo isso implicaria em dois grandes riscos, que comprometeriam a viabilidade do negócio. O primeiro deles é a possibilidade do jogador ser convencido a renovar com o PSG, algo que além de remover a possibilidade de um pré-contrato ainda deixaria a negociação ainda mais cara no futuro.

Outro risco de aguardar diz respeito a concorrência de outros clubes. Em especial, de equipes da Premier League como Manchester City, Manchester United, Chelsea e Liverpool.

O último deste, já se adiantou e segundo informações do programa espanhol El Chiriguito, teria se oferecido para pagar o valor definido pelo clube francês. Desse modo o Liverpool busca fazer frente ao principal concorrente na Premier, o City.

Além dele, o Manchester United também já demonstrou interesse em contar com o atacante. Desse modo, os dias de Mbappé na Ligue 1 parecem estar cada vez mais próximos do fim.

COMPARTILHE: