Home Agenda Cultural Musical ‘As Noviças Rebeldes’ chega ao Brasil

Musical ‘As Noviças Rebeldes’ chega ao Brasil

Musical ‘As Noviças Rebeldes’ chega ao Brasil
Crédito: PapricaFotografia
0

Com realização da Opus Promoções e da Chaim XYZ Produções, As Noviças Rebeldes: O Musical, chega ao Teatro RioMar Fortaleza (dias 29, 30 e 31 de maio) e ao Teatro Riachuelo, em Natal (dias 05, 06 e 07 de junho). Após 30 anos da estreia no circuito Off-Broadway, o musical ganha sua terceira montagem brasileira, novamente com direção de Wolf Maya e adaptação de Flávio Marinho. No elenco Soraya Ravenle, Sabrina Korgut, Maurício Xavier, Helga Nemeczyk, Carol Puntel e Drica Mattos.

A comédia musical conta a história de cinco freiras que saíram da Irmandade de Salue Marie para jogar bingo em outro convento. As 52 freiras restantes acabaram falecendo, vítimas de botulismo ao tomarem uma sopa feita com legumes enlatados vencidos. As cinco freiras sobreviventes, ao retornarem, descobrem que o caixa da Irmandade foi desfalcado pela Madre Superiora e que só dispõem de recursos para o funeral de 48 das freiras falecidas. Assim, as quatro restantes são deixadas num freezer até que elas consigam arrecadar, por meio de um show beneficente, dinheiro para enterrá-las.

Repleto de diversão e de coreografias que vão do balé clássico ao sapateado, o espetáculo traz grandes revelações sobre as personalidades das freiras do convento, que realizam um espetáculo com estrutura que se assemelha a um programa de auditório, com espaço para grande interação entre os atores e a plateia.

 

 

Com texto e composições de Dan Goggin, a comédia estreou em dezembro de 1985 e teve mais de 3600 apresentações, sendo a segunda maior temporada Off-Broadway da história. O musical tornou-se um fenômeno internacional, produzido em pelo menos 26 idiomas, com mais de 8.000 produções em diversos países. Mais de 25 mil artistas já desempenharam o papel das freirinhas em todo o mundo.

No Brasil, o texto teve sua primeira montagem em 1987, com elenco feminino, e ganhou a primeira versão com elenco totalmente masculino pela Cia Baiana de Patifaria. As duas montagens tiveram direção de Wolf Maya. Dez anos depois, em 1997, a Cia Baiana de Patifaria chegou a se apresentar, por duas semanas, no circuito off-Broadway em Nova York, a convite do autor, recebendo elogios do The New York Times.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!