Novos tremores de terra são registrados no RN nesta segunda (26)

Novos tremores de terra são registrados no RN nesta segunda (26)

Novos tremores de terra são registrados no RN nesta segunda (26)

Falha de Samambaia, no Rio Grande do Norte, é a maior falha geológica do Brasil

Romário Nicácio julho 26, 2021 Destaques

Dois novos tremores de terra foram registrados no Rio Grande do Norte nesta segunda-feira (26), após uma série de eventos sísmicos na região litorânea do estado no último domingo.

Os eventos de hoje, segundo o Laboratório Sismológico da UFRN, ocorreram às 13h28 UTC (10h28 no horário de Brasília) com um tremor de magnitude preliminar 2.7 mR, registrado pelas estações sismográficas operadas pelo LabSis/UFRN, e outro às 15h46 UTC (12h46, hora local).

O primeiro evento teve seu epicentro em alto mar, conforme a imagem a abaixo.

Localização epicentral simbolizada pela estrela vermelha no mapa (Foto: LabSis/UFRN)

O segundo abalo sísmico foi registrado na região do município de Equador, no Rio Grande do Norte, com magnitude preliminar 2.3 mR. O último evento registrado no estado ocorreu no início do mês (09/07), às 16h15 UTC, no município de Parazinho. O evento, que teve sua magnitude preliminar calculada em 2.0 mR, foi sentido por moradores do município de Pedra Preta. Até o momento desta publicação não há informações de moradores que tenham escutado ou sentido o evento desta segunda-feira no município ou na região do município de Equador.

Localização epicentral simbolizada pela estrela vermelha no mapa (Foto: LabSis/UFRN)

Falha de Samambaia

Samambaia é a maior falha geológica do Brasil. Tem 38 km de comprimento por cerca de 4 km de largura e atravessa os municípios de Parazinho, João Câmara, Poço Branco e Bento Fernandes. Sua profundidade varia entre 1 e 9 km. Próximo a ela se encontra a falha geológica de Poço Branco, que apesar de ser bem menor também contribui por alguns tremores naquela região.

As atividades sísmicas ao redor da falha de Samambaia são constantes e em alguns casos podem causar tremores de magnitude elevada, como a de 1986, que ocasionou o terremoto mais conhecido no Rio Grande do Norte em João Câmara. O sismo de maior magnitude em uma série de eventos foi sentido inclusive em Natal, aconteceu no dia 21 de agosto e alcançou 4.3 na Escala Richter. No mês seguinte, foram dois eventos sísmicos: 4.3 e 4.4, respectivamente. O terremoto principal ocorreu no dia 30 de novembro, com magnitude de 5.1, seguido por milhares de réplicas.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial.

Outros artigos