Absolvido pelo STJD, Abel Ferreira comandará o Palmeiras no Choque-Rei

O treinador português foi julgado pela confusão com o atacante Calleri do São Paulo e pela expulsão na Copa do Brasil diante do Fortaleza.
Absolvido pelo STJD, Abel Ferreira comandará o Palmeiras no Choque-Rei (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Absolvido pelo STJD, Abel Ferreira comandará o Palmeiras no Choque-Rei (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)

Nesta segunda-feira (10), o técnico do Palmeiras, Abel Ferreira foi duplamente julgado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD). No mérito do julgamento estavam ações relacionadas a duas competições diferentes. Pelo Brasileirão o treinador foi absolvido da acusação. Já pela Copa do Brasil, o treinador recebeu a punição (já cumprida) de um jogo de suspensão.

Em relação ao Brasileirão, onde durante a disputa contra o São Paulo, o treinador se envolveu em uma discussão com o atacante Jonathan Calleri. Abel Ferreira foi absolvido pela 1ª Comissão Disciplinar do STJD.

Porém em relação a expulsão diante do Fortaleza na partida de volta pela Copa do Brasil, o treinador foi considerado culpado e foi punido com um jogo de suspensão. Todavia, como já cumpriu esse um jogo diante do São Paulo no primeiro duelo das quartas de final da Copa do Brasil, o entendimento é de que a pena já foi devidamente cumprida.

Desse modo, o Palmeiras poderá contar com o treinador comandando a equipe na partida de volta nesta quinta-feira (13), recebendo o São Paulo pela segunda partida da Copa do Brasil. Vale lembrar que no primeiro encontro a equipe verde perdeu por 1×0 para o Tricolor.

Assim, vai precisar de uma vitória por pelo menos dois gols de diferença para avançar diretamente na competição. Ou seja, em caso de vitória pelo placar mínimo a partida precisará ser decidida nos pênaltis. Enquanto isso, um empate ou derrota, eliminará o verdão do duelo.

Outro julgamento recente de Abel Ferreira

Abel Ferreira também já tinha sido julgado na última semana por se envolver em uma outra polêmica. O treinador tomou o celular da mão de um jornalista da Globo que registrava discussão entre ele, o diretor de futebol do Palmeiras e um membro da comissão de arbitragem.

Anteriormente o caso aconteceu após a partida contra o Atlético-MG também pelo Brasileirão. Desse modo, em relação ao episódio, Abel foi suspenso por uma partida, punição já cumprida diante do Athletico-PR no último domingo (02), em jogo válido pela 13ª rodada da competição.

Julgamento de Zé Rafael

Outro que foi julgado pelo órgão da entidade máxima do futebol brasileiro foi Zé Rafael, volante do Palmeiras, foi absolvido pelo STJD, também nesta segunda. Ele estava sendo julgado por declarações polêmicas feitas após o jogo contra o São Paulo, válido pela Copa do Brasil de 2022, quando afirmou que a partida teria sido “roubada”.

Apesar da natureza controversa dos comentários, o tribunal decidiu absolver o jogador, que se recupera de um estiramento no joelho direito. Zé Rafael já retornou aos treinamentos normais e poderá estar disponível para o próximo jogo do Palmeiras, também contra o São Paulo, pelas quartas de final da Copa do Brasil.

COMPARTILHE: