Como usar as redes sociais no segmento hoteleiro

Como usar as redes sociais no segmento hoteleiro

Como usar as redes sociais no segmento hoteleiro

Wagner Santos setembro 18, 2021 Colunas

As redes sociais têm muito peso no segmento hoteleiro – e em diversos outros segmentos. Elas são fáceis de usar e possuem usuários de todas as culturas e classes sociais.

O verdadeiro poder das redes está na segmentação de público. Ou seja, embora haja público para todos os gostos, você pode selecionar quem vai receber seu conteúdo – de maneira direta ou indireta.

Para entender como isso funciona, temos que lembrar de alguns princípios de marketing digital básico: conhecer seu público, montar personas e produzir conteúdos atraentes.

Vamos ver como usar as redes sociais de maneira efetiva no segmento hoteleiro!

Saiba em qual rede social seu público está

Desde a grande expansão do Facebook, lá em 2010, diversas outras redes apareceram no mercado. Isso aconteceu pois as empresas de tecnologias viram o quão rentável essas plataformas podem se tornar.

No início, havia apenas o Facebook como dominante do mercado, fazendo com que fosse indicado para todos os públicos; mas isso mudou rapidamente após sua marca de 1 bilhão de usuários – e o surgimento de outras redes.

Atualmente, há uma divisão clara dos públicos nas diversas redes sociais. Para o segmento hoteleiro, as mais importantes são o Facebook, Instagram e Linkedin.

Vamos explicar os benefícios de cada rede sociais nas próximas seções:

Facebook

O público do Facebook é um pouco mais “velho” que as demais redes. Em suma, o número de usuários acima dos 35 anos é muito grande, e só tende a crescer ao longo dos anos.

Ele tem especial relevância para pessoas com 50 anos ou mais, dado que esse público se acha essa rede muito interessante. Aliás, este é um dos prováveis motivos da evasão dos mais jovens: os parentes os perseguem nas postagens.

Então, devemos ter em mente que o Facebook é onde a população com estabilidade financeira está – inclusive uma boa parcela dos aposentados. Ou seja, é uma ótima plataforma para ações de marketing hoteleiro.

Esse público gosta de contratar seguro viagem. Você pode conhecer um pouco mais sobre esses produtos clicando aqui.

Instagram

O Instagram atrai o público mais jovem, em geral abaixo dos 35 anos – com 75% da população entre 18 e 24 anos ativa na plataforma. Então, estamos falando da nova geração de consumidores, a qual está interessada em experiências.

Portanto, abuse de estratégias para engajar mais com seu publico no Instagram, tais como, biografia otimizada, fotos e vídeos profissionais, frases e legendas para fotos, e etc.

Todavia, esse público tem um problema grave: a maioria está iniciando uma carreira, não tendo, portanto, muito dinheiro à disposição.

Nesse sentido, você deve ponderar se vale a pena investir em anúncios para usuários muito distantes de seu hotel, por causa dos custos de deslocamento.

De acordo com o Caged, jovens abaixo de 30 anos recebem, em média, menos de R$ 1.700 mensais, levando-se em conta as contratações de 2020.

Linkedin

O Linkedin é, sem dúvida, uma excelente plataforma para o segmento hoteleiro. Afinal, lá estão empresas e seus funcionários que, na maioria das vezes, sempre precisam viajar à negócios.

Quando falamos em capturar esse tipo de cliente, você deve levar em conta que o preço é tudo. Afinal, a ordem é gastar pouco – abrindo mão até mesmo da qualidade do serviço.

Então, colocar seu hotel como uma opção em conta, ao passo que oferece confortos para esse público será um diferencial enorme em suas ações de marketing nessa rede social. 

Imagem é importante no segmento hoteleiro

Boas imagens impactam mais do que você imagina. Às vezes o cliente fica interessado em seu hotel por causa de uma foto bem enquadrada, e telefona para saber mais sobre o estabelecimento.

Todavia, leve em consideração qual sensação você quer passar aos usuários: se seu objetivo é chamar a atenção de funcionários viajando a negócios, apresentar mesas de trabalho, internet de qualidade e locais confortáveis é uma ótima ideia.

Se o objetivo são clientes buscando por repouso, fotos de piscinas, locais para banho de sol e coisas do gênero são mais adequadas.

Mantenha constância na criação de conteúdo

As redes sociais têm um algoritmo mais ou menos igual entre si: tudo é feito para reter a atenção dos usuários, e o algoritmo sabe qual conteúdo vai chamar a atenção.

Porém, ele também leva a constância das publicações em conta, por isso criar conteúdos de qualidade com frequência é fundamental.

O ideal é publicar algo novo todos os dias. Informações relevantes para sua persona (cliente ideal) deve ser a ordem suprema, na hora de elaborar novos materiais.

Se o conteúdo for de qualidade, o próprio algoritmo da rede social vai distribuí-lo para os usuários. Há, ainda, a opção dos anúncios patrocinados, ferramenta poderosíssima para conquistar novos clientes.

Interaja nas redes sociais

Por fim, lembre-se de interagir o máximo possível nas redes sociais. Afinal, essa é a proposta inicial dessas plataformas, e se isso não for feito, seu perfil comercial pode ser deixado de lado pelo algoritmo.

Responda comentários, siga outras pessoas, comente e responda perguntas privadas feitas diretamente em seu perfil.

Embora possa demorar um pouco, seguir essas dicas vai resultar em uma grande expansão para seu hotel.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial.

Outros artigos