cabo-de-rede

A Telebras e a Islalink assinaram um acordo para construir um cabo submarino que irá ligar a Europa e o Brasil sem a mediação dos EUA, conforme relatado em um comunicado conjunto. A Telebras terá 35% de participação na nova empresa, IslaLink 45% e 20% de um terceiro acionista brasileiro, que será definido após a constituição da empresa e antes do lançamento do cabo.

O cabo irá fornecer mais de 30 terabits por segundo (Tbps) de capacidade e necessita de um investimento de 185 milhões de dólares (aproximadamente R$ 573 milhões ) para interligar o Brasil e a Europa. Além disso, também se estuda a possibilidade do cabo passar pela Guiana Francesa, Cabo Verde, Canárias e Madeira é estudado.

Este projeto permitirá que o Brasil e outros países latino-americanos tenham acesso direto aos maiores Pontos de Intercâmbio de Tráfego (IXP) no mundo, localizadas nas cidades de Frankfurt, Amsterdã, Londres e Paris. Este cabo, que será distribuído entre a cidade brasileira de Fortaleza e Lisboa, capital portuguesa, também elimina o risco de que voltem a acontecer casos de espionagem por parte dos EUA no Brasil, como foi revelado por Edward Snowden.

As informações são da Europapress

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.