Destaques, Tecnologia

Gmail anuncia “Smart Compose” em português

O Smart Compose, recurso do Gmail que sugere palavras enquanto os usuários digitam um e-mail, começará a ser liberado nesta terça-feira, 9, em quatro novos idiomas: português, espanhol, francês e italiano. O recurso utiliza inteligência artificial para fazer recomendações de como continuar a escrever a frase, que podem ser aceitas ou não pelo usuário. A funcionalidade estará disponível para todos os usuários ao longo dos próximos meses.

O recurso foi lançado nos Estados Unidos em julho durante o Google Cloud Next. O Smart Compose utiliza um modelo de machine learning para prever a próxima palavra que a pessoa vai digitar. As sugestões apresentadas baseiam-se em bilhões de frases comuns, que são mostradas para tornar o processo de escrever um e-mail mais eficiente.

Apesar de o Smart Compose não conseguir identificar o estilo de escrita do usuário, a ferramenta aprende continuamente com o contexto das mensagens escritas. O modelo considera mensagens anteriores de uma mesma conversa para fazer sugestões mais precisas.

Gmail anuncia Smart Compose em português

Além dos usuários do Gmail, funcionários de empresas que utilizam G Suite – suíte de aplicativos de produtividade que inclui o Drive, o Gmail e o Docs – também passam a ter acesso ao recurso em português. O Smart Compose ainda não está disponível para dispositivos móveis.

Além de ajudar os usuários a escrever de forma mais ágil os emails, o lançamento dará mais confiança às pessoas no momento de escrever suas mensagens, já que palavras sugeridas seguem as regras gramaticais e de ortografia da Língua Portuguesa. Para tornar este recurso mais rápido, o Google utiliza a tecnologia Cloud TPUs para treinar e veicular o modelo.

Read More...

Destaques, Tecnologia

Programador: conheça o profissional ligado à Tecnologia da Informação

Imagine a seguinte cena: o despertador toca às 6h e às 6h15 você desliga o modo soneca para começar a se arrumar para o trabalho. Minutos depois, o relógio já marca 7h e então você desce de elevador até o térreo ou a garagem. No caminho, se depara com sinaleiras se estiver na pista ou aguarda pacientemente o metrô chegar ao seu destino enquanto acessa o smartphone para checar o Whatsapp, o Instagram ou o Facebook. Já no trabalho, utiliza as digitais para destravar a porta biométrica, bate o ponto eletrônico e liga o computador para dar início a mais uma jornada diária.

O ponto comum entre as situações parece ser apenas a retratação de mais um dia de trabalho para milhares de pessoas, mas a semelhança reside também em outra questão: a importância da programação para o nosso cotidiano. Nesta quinta-feira, 13 de setembro, é comemorado o Dia do Programador, uma homenagem ao profissional que aplica conhecimentos de tecnologia da informação para gerar resultados esperados e facilitar o dia a dia das pessoas.

“A programação é o que você deseja que o computador faça para você. É pegar um conjunto de informações e produzir um resultado esperado. Isso pode acontecer em qualquer plataforma: desde um smartphone até um computador de mesa (desktop)”, destaca Antônio Lázaro Ribeiro dos Santos, de 42 anos, graduado em Matemática e em Análise e Desenvolvimento de Sistemas. Em contato com a área desde os 15 anos, quando fez o curso técnico em Processamento de Dados, o profissional já acumula diversas pós-graduações no currículo: Engenharia de Sistemas, Sistemas de Telecomunicações, além de Análise de Dados com Business Intelligence e Big Data.

A primeira homenagem oficial feita ao programador data de 13 de setembro de 2009, quando o então presidente da Rússia, Dmitry Medvedev, escolheu o 256º dia do ano para decretar o feriado profissional. Por este motivo, em anos bissextos, o Dia do Programador é comemorado em 12 de setembro. A escolha não foi por acaso: 256 representa a quantidade de valores diferentes que podem ser representados em um byte, uma unidade de informação digital equivalente a oito bits.

Outro ponto curioso: o sistema de hexadecimal, muito utilizado na programação, é formado por 16 algarismos, entre números e letras, os quais permitem ao todo 256 combinações diferentes. Os números hexadecimais são regidos pela lei do sistema posicional: cada dígito tem função própria no sistema e é importante para a realização de cálculos, conversões entre outras funções.

Há aproximadamente dois anos e meio, Antônio Lázaro atua como Analista de Sistemas no Educa Mais Brasil e já integrou equipes de diversos projetos. Atualmente lida com sistemas comercias e promove a integração com centrais telefônicas. Ao analisar a própria trajetória, ressalta que o que mais chama a atenção são as possibilidades de se fazer. “Evoluímos para um estado em que podemos tomar decisões a partir da análise de dados; montamos uma planilha de resultados e fazemos projeções. Isso permite, por exemplo, saber o que será necessário comprar no supermercado no próximo mês ou torna possível criar um software para atender áreas específicas como finanças, saúde, contábil e muitas outras”, sinaliza.

Para transformar informações e alcançar resultados desejados, é utilizada uma (ou mais) linguagem de programação: Java, JavaScript, C#, Python, Delphi, PHP, SQL, Swift, Kotlin e diversas outras. “Existem linguagens que são interpretadas e outras que são compiladas, mas todas chegam ao mesmo lugar. A diferença está na produtividade e na performance, que podem trazer resultados mais rápidos. Hoje, muitas coisas são hospedadas na nuvem e tudo está voltado para a internet”, complementa Antônio.

Softwares: programação, desenvolvimento e engenharia

Entre diversas necessidades existentes no momento de criar e desenvolver softwares ou sistemas, é preciso compor equipes com profissionais habilitados para exercer funções diferentes e complementares na área de computação. Programadores, desenvolvedores, analistas, engenheiros e gestores são apenas alguns dos profissionais presentes nas equipes. Apesar de estarem envolvidos na execução do projeto, qual o papel de cada um?

O programador mantém contato direto com a estruturação do software: é o responsável por escrever o código de forma organizada e entregá-lo em funcionamento. Em geral, possui atuação individual, precisa conhecer ao menos uma linguagem e escolher a forma mais adequada de escrever o código para o perfeito funcionamento do sistema.

O desenvolvedor também pode atuar com programação, mas é responsável por verificar a execução do projeto e interagir com outros membros da equipe, profissionais de setores diversos da empresa, além de clientes e patrocinadores. Conhecer a parte técnica é importante sobretudo para tomar as decisões adequadas quando necessário.

O engenheiro de software pode programar e desenvolver, mas precisa também ser capaz de verificar a qualidade do software, o nível de confiabilidade e a capacidade de ser utilizado de forma sustentável pelo cliente. É necessário também conectar os requisitos do projeto com a codificação e a manutenção do código, o design do sistema e os testes.

Graduações

Em 16 de novembro de 2016, o Ministério da Educação (MEC) instituiu as Diretrizes Curriculares Nacionais para os cursos de graduação na área da Computação por meio da Resolução nº 5 da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (Resolução CNE/CES nº 5/2016). O documento trouxe as principais orientações acerca dos cursos de graduação nas formas de licenciatura em Computação e de bacharelado em Ciência da Computação, em Sistemas de Informação, em Engenharia de Computação e em Engenharia de Software.

Também em 2016, o MEC lançou a terceira edição do Catálogo Nacional de Cursos Superiores de Tecnologia, com graduações ligadas ao eixo de Informação e Comunicação. No documento, constam 14 formações tecnológicas ligadas à infraestrutura, aos processos de comunicação além do processamento de dados e informações. Estão inclusas: Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Banco de dados, Defesa Cibernética, Gestão da Tecnologia da Informação, Jogos Digitais, Redes de Computadores e Segurança da Informação.

Read More...

Destaques, Tecnologia

Conheça os três novos modelos de iPhone lançados pela Apple

Alguém pensou em novidades da Apple? É gente, a empresa anunciou nesta quarta-feira (12) algumas novidades lá em Cupertino nos EUA, e eu vou contar tudo para vocês. Além de apresentar o mais novo relógio inteligente, também rolaram novidades com dois sucessores do iPhone X.

Ficaram curiosos? Dá só uma olhadinha no que chega de novo:

Apple Watch Series 4

A apresentação começou falando sobre o relógio inteligente da empresa, que é incrível! É, o Apple Watch ganhou algumas novidades, claro. Primeiro que a tela dele aumentou em cerca de 35% em relação ao passado. Legal, não é? Agora ele já tem aquela tela com menos bordas que a gente já vê em muitos smartphones hoje em dia. Isso aumenta a tela sem aumentar o tamanho do relógio.

Ah, e tem outras coisas bem legais. Por exemplo, ele pode detectar quando você sofrer uma queda, acredita? É, então se você cair, o relógio vai perguntar se quer chamar a emergência e se você não responder, ele liga automaticamente. Ah, outra coisa bem interessante é que o Apple Watch Series 4 é o primeiro que é capaz de realizar um eletrocardiograma. Isso mesmo, é só colocar o dedo da lateral do relógio ali na coroa que você controla ele, e então o aplicativo vai te dar todas as informações e você pode até mandar para o seu médico.

Apple Watch Series 4 materiaAlém disso, o Apple Watch Series 4 também consegue identificar se você está com a pressão baixa, ou se as batidas do seu coração estão muito rápidas ou muito devagar. Cuidados com a saúde são sempre bem vindos, não é mesmo? A bateria dele tem duração de 18 horas de uso seguido, ou seja, dá para usar o dia todo sem problemas. E o que é legal também é que se você já tem um Apple Watch, as pulseiras dos modelos anteriores servem também pra ele, viu? O Apple Watch Series 4 começa a ser vendido lá nos Estados Unidos no dia 21 de setembro.

Novos iPhones

Claro, não poderiam faltar no evento os novos iPhones, não é? Pois bem, a Apple anunciou que está trazendo a evolução do famoso iPhone X, que chega com dois tamanhos de tela. Tem o iPhone XS com tela de 5.8 polegadas e o iPhone XS Max com tela de 6.5 polegadas. O que é mais legal é que eles aumentaram as telas, mas o tamanho não mudou muito. Por exemplo, o maior deles, com tela de 6.5 polegadas, é do mesmo tamanho do iPhone 8 Plus que tem a tela de 5.8 polegadas.

As telas são Super Retina e tem som estéreo, então pode ficar tranquilo que os filmes, séries e até os jogos vão ser incríveis, beleza? E não precisa mais se preocupar se seu iPhone escorregar pra dentro da piscina. É que eles têm uma certificação IP68 que garante mergulhos de até 2 metros de profundidade!

Ah, e o os novos iPhones também ganharam um novo processador, o A12 Bionic, e como processador é o cérebro do smartphone, isso quer dizer que as funções dele estão ainda mais rápidas e mais desenvolvidas, como por exemplo o Face ID, que identifica o rosto para desbloquear seu iPhone. Então, ele está bem mais rápido! E a tecnologia para realidade aumentada também, até com novos jogos!

A câmera traseira é dupla, as duas com 12MP, o que significa fotos de altíssima qualidade. Ela é capaz de tirar as fotos e dividir em várias camadas para escolher as melhores e deixar a foto ainda mais bonita. Ah e sabe aquele efeito Bokeh, que deixa o fundo desfocado? Com os novos iPhones dá para aumentar e diminuir esse desfoque mesmo depois de tirar a foto. Ah, e a câmera frontal é de 7MP e tem o famoso modo retrato para que as selfies fiquem cada vez mais bonitas.

E a bateria também melhorou! Graças ao novo processador, o iPhone XS tem meia hora de bateria a mais do que o iPhone X, e o iPhone XS Max tem uma hora e meia a mais!

iPhone XS e iPhone XS Max

Ainda não acabou não: mais um iPhone

Isso mesmo, tem mais iPhone na área, gente: é o iPhone XR. Ele é uma versão muito legal do iPhone X mas que acaba saindo um pouco mais barata do que os iPhone XS e o XS Max! Mas ainda assim tem especificações de ponta. A começar o tamanho da tela que é de 6.1 polegadas e que tem o Liquid Retina, o painel de LCD mais avançado dos smartphones!

Ele também vem com o mais novo processador da Apple, o A12 Bionic, ou seja, também chega mais potente que os lançados anteriormente. Inclusive isso melhorou também o tempo de bateria dele, dando 1 hora e meia a mais que o iPhone 8 Plus! Além de, claro, a resistência a água e poeira. Mas aqui não é a mesma coisa dos iPhone XS e XS Max não, viu? É a IP67, com proteção a mergulhos de até 1 metro.

iPhone XR

A câmera traseira não é dupla, mas é uma de 12MP que garante ótimas fotos principalmente por causa das tecnologias que o novo processador traz, além do efeito Bokeh mais inteligente também. A câmera frontal vem com o modo retrato, como não podia deixar de ser.

Cores e disponibilidade dos iPhones

Cores e disponibilidade dos novos iPhones

Os iPhone XS e XS Max têm três opções de cores, a Dourada, Prateada e Cinza Espacial. Eles também têm três modelos, um com 64GB de armazenamento interno, um com 128GB e outro com 256GB. Já o iPhone XR tem opções de cores preta, azul, amarela, branca e até vermelha. Ele também tem 3 opções de armazenamento interno como os outros, de 64GB, 128GB e 256GB!

E aí, o que achou dos novos iPhones? Marca aqui seus amigos que são fãs da Apple 😉

Read More...

Destaques, Tecnologia

Está ficando mais fácil aprender sobre Bitcoin e Blockchain em português

A Bit2Me é a principal empresa espanhola de Bitcoin e oferece seus serviços em vários países ao redor do mundo.

Após uma expansão de sua equipe de trabalho, a Bit2Me já possui 100% de serviços em português para facilitar a compra e venda de criptomoedas para usuários em Portugal e no Brasil.

Com o Bit2Me, agora os cidadãos portugueses e brasileiros podem comprar bitcoins (BTC), éteres (ETH), Dash e até Bitcoin Cash (BCH) de uma forma muito simples, rápida e segura. Eles podem fazer isso em apenas um momento através de uma transferência bancária ou com um cartão de crédito / débito.

Além disso, também podem vender seus bitcoins em poucos segundos, depois podem solicitar uma transferência em euros para sua conta bancária.

E tudo isso com 100% de suporte em português.

Depois de incluir o Ethereum, o Bit2Me se esforça para adicionar outras criptomoedas com projetos valiosos e interessantes.

Para comprar Bitcoin, Dash, Ethereum ou Bitcoin Cash com seu cartão de crédito / débito ou transferência bancária (até 20.000 euros por dia), basta criar sua conta gratuita aqui.

Bit2Me, um serviço que existe desde 2015

Desde 2015, a Bit2Me é pioneira na prestação de serviços baseados na tecnologia Bitcoin e Blockchain. Sendo a primeira empresa no mundo a converter facilmente bitcoins em euros, conectando uma rede de mais de 10.000 ATMs em toda a Espanha.

Um serviço que se destaca pela transparência, pelo contato próximo com os clientes e pela seriedade do seu trabalho.Por mais de três anos, a Bit2Me forneceu serviços de compra e venda de criptomoedas a dezenas de milhares de clientes em todo o mundo.

Como resultado de tudo isso, o volume do ano passado do Bit2Me cresceu mais de 50 vezes em relação ao volume de 2016.

Guia de Bitcoin

Mais e mais pessoas, empresas e organizações estão interessadas em aprender sobre o Bitcoin e a tecnologia que o suporta, Blockchain.

Devido ao enorme interesse que foi produzido, o Bit2Me pensou naquelas pessoas que querem aumentar seus conhecimentos e criou um dos guias mais completos que existem sobre Bitcoin e Blockchain, agora totalmente em português.

A seção Academy estará disponível em breve em português , onde mais conteúdo de qualidade e valor será oferecido à comunidade crypto.

Read More...

Aplicativos, Destaques

Concurso: aplicativos de questões complementam estudos

Dados da Pesquisa Nacional de Amostra por Domicílio Contínua (PNAD Contínua), anunciados em 2018, apontam que 94,6% dos brasileiros usam o celular para acessar à internet. O equipamento assumiu a primeira posição como o dispositivo mais utilizado, desbancando microcomputadores (usados por 63%) e tablets (16%). Em 38% das casas, o celular era o único meio de navegação na internet e a banda larga móvel, dos tipos 3G ou 4G, estava presente em 77% das residências – cerca de 6% a mais do que a banda larga fixa.

Com o crescimento do uso dos dispositivos portáteis, em especial o celular, e da navegação por banda larga móvel, é possível aproveitar o pouco tempo livre para acessar aplicativos para concurso e fortalecer o ciclo de estudos. “Acho que a maior vantagem está na praticidade. O celular está na palma da mão, basta acessar os aplicativos de estudo”, pontua Adriana Alves Carvalho Braga, de 39 anos.

Braga acompanha os editais desde o início de 2018, quando contratou um curso preparatório para concurso para complementar os estudos, mas destaca que a quantidade de atividades sob a sua responsabilidade durante a semana, às vezes, prejudica o seu rendimento. “Comecei a estudar em fevereiro desse ano. Trabalho e tenho filhos. Então, tenho uma rotina muito intensa mas procuro sempre resolver exercícios e assistir às videoaulas nos aplicativos”, complementa.

O app para concurso pode ser incorporado à metodologia de estudo tanto por quem deseja ser aprovado para cargos do ensino médio quanto para o ensino superior. Além da resolução de questões, as principais funcionalidades incluem acesso aos comentários de professores, filtros por regiões de interesse, notificações sobre o anúncio dos certames e fazer simulados com questões atualizadas. Existem ainda aplicativos com funções complementares que contribuem para a produtividade e permitem elaborar planos de estudos. Confira abaixo oito sugestões de aplicativos para concurso:

  1. Alerta Concurso

O Alerta Concurso é um aplicativo gratuito que envia notificações sobre concursos públicos abertos ao longo do ano com informações sobre prazo de inscrições, áreas e cargos, além de locais de interesse. De acordo com o desenvolvedor, o app permite buscar certames a partir de filtros diversos, baixar editais e visualizar informações mesmo sem conexão com a internet.

Sistemas Operacionais: Andoid e iOS

  1. Aprovados

O Aprovados permite gerenciar as horas de estudo, programar alarme para indicar a finalização das atividades, criar gráficos e relatórios para acompanhar a evolução do desempenho. Os recursos podem ser visualizados no celular, em tablets e computadores. É possível estudar sem acesso à internet e sincronizar os dados posteriormente, quando realizar a navegação online. O aplicativo pode ser utilizado tanto por concurseiros quanto por vestibulandos.

Sistemas Operacionais: Android e iOS

  1. Concursos de Bolso

O Concurso de Bolso disponibiliza mini aulas, questões comentadas, resumos e simulados para a avaliação de desempenho. De acordo com o desenvolvedor, é possível consultar o Vade Mecum atualizado, ler notícias de concursos, resumos exclusivos e obter dicas diárias de estudo. O material pode ser acessado off-line. São disponibilizadas questões de Tribunais, de Carreiras Jurídicas e Legislativas e das áreas Fiscal, Bancária e Policial. Disponível nas versões gratuita e paga.

Sistemas Operacionais: Android e iOS

  1. Easy Study

O Easy Study permite criar planos de estudos em três etapas. É preciso especificar as matérias, a quantidade de disciplinas que deseja estudar nos dias da semana e aprovar o plano de estudo. Após a aprovação, é gerado um ciclo de estudo que permite saber quais são as próximas disciplinas a serem estudadas e visualizar os conteúdos vistos anteriormente. O usuário também tem acesso a questões do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e do exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Sistemas Operacionais: Android e iOS

  1. Estratégia Concursos

O aplicativo Estratégia Concursos tem entre as principais funcionalidades a criação de simulados personalizados, acesso a relatórios de rendimento e resolução de questões diversas. Está disponível nas versões gratuitas e paga. É possível adquirir cupons de desconto no aplicativo que dão direito a trocas por materiais no site do desenvolvedor.

Sistemas Operacionais: Andoid e iOS

  1. Offtime

O Offtime não disponibiliza questões para resolução, mas contribui para o aumento da produtividade ao bloquear aplicativos que possam interferir na concentração do estudante, a exemplo do Whatsapp, Instagram, Facebook entre outros. O usuário pode criar perfis diferentes e, por tempo determinado, bloquear aplicativos, ligações, mensagens de texto e notificações.

Sistemas Operacionais: Android

  1. Questões de Concurso

O aplicativo Questões de Concurso permite ter acesso às questões do site Qconcursos.com a partir de uma conta já existente ou mediante login com dados do Facebook ou do Gmail. É possível selecionar questões a partir de filtros diversos (bancas, disciplinas, assuntos, entre outros), ver as estatísticas de desempenho e ler comentários dos usuários feitos para as questões. Está disponível nas versões gratuitas e Premium – esta última ainda permite assistir a videoaulas e visualizar as questões com comentários feitos por professores.

Sistemas Operacionais: Andoid e iOS

  1. Tá na Mão Concursos

O aplicativo Tá na Mão Concursos disponibiliza diversas questões para dispositivos como celulares e tablets. Os principais assuntos abordados são Conhecimentos Bancários, Matemática Financeira, Ética, Português, Informática Básica, Informática Computação (TI), Raciocínio Lógico, Estatística e Atualidades. Por conta disso, é um aplicativo indicado para candidatos aos concursos de bancos.

Sistemas Operacionais: Android

Read More...