Home Notícias Brasil RN RN recebe apoio da Força Nacional no próximo dia 10

RN recebe apoio da Força Nacional no próximo dia 10

RN recebe apoio da Força Nacional no próximo dia 10
Força Nacional (Foto: Arquivo/Agência Brasil)
0

Com o intuito de auxiliar na segurança dos presídios do Rio Grande do Norte, a Força Nacional desembarca no estado no sábado, 10 de setembro. A notícia foi confirmada pelo governador Robinson Faria. “(A Força Nacional) vem para garantir a meta das instalações de bloqueio de celulares no sistema prisional e garantir a ordem no Estado”.

O processo de instalação de bloqueadores começou no dia 28 de julho pela penitenciária estadual de Parnamirim (PEP) e teria sido o motivo de uma série de ataques ordenados por criminosos no estado. Os atentados provocaram a vinda de tropas do Exercito para conter a violência que se disseminou no Estado em decorrência de ordem vinda de dentro dos presídios por facções criminosas.

Segundo a assessoria de imprensa da FEMURN, Robinson Faria não revelou qual o número de policiais da Força Nacional que virão para o Rio Grande do Norte, mas o efetivo deve continuar fazendo o trabalho de cooperação com a Polícia Militar, ocorrido com a presença de 1.200 soldados do Exército entre os dias 3 e 16 de agosto em Natal e no interior.

O governador solicitou a prorrogação da missão da Força Nacional ao ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, no dia 19 de agosto. No ofício de número 157/2016, Robinson Faria pede que a Força Nacional permaneça mais 180 dias no Rio Grande do Norte.

Com relação à segurança nas eleições municipais de 2 de outubro, o governador Robinson Faria disse que essa questão já foi discutida, inclusive, com a Justiça Eleitoral. A PM vai colocar 5.854 oficiais e praças nas ruas, dos quais 1.196 vão atuar na Região Metropolitana de Natal (RMN) e 4.658 no restante dos municípios do interior.

Robinson Faria admitiu que em função do reduzido efetivo da PM, a possibilidade de convocação de praças da reserva da corporação para auxiliar na segurança das eleições; “Isso já existe com êxito em outros Estados e também poderá acontecer aqui”.

O governador destacou, ainda, que a Justiça Eleitoral também está decidindo sobre o envio de tropas federais para atuar nas eleições municipais deste ano, “em caso de necessidades naqueles municípios em que o processo eleitoral pode ser mais radicalizado”.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) já informou que juízes de 52 das 69 Zonas Eleitorais do Rio Grande do Norte solicitaram a presença de tropas do Exército na véspera e no dia da eleição em 121 municípios potiguares. A autorização agora depende da aprovação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) em Brasília.

Romário Nicácio Administrador de Redes. Redator e co-fundador do Portal N10. Redator de sites desde 2009.
error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!