Natal

Walfredo Gurgel recebe investimento de R$ 3,5 milhões de reais em equipamentos

equipamentos
Foto: Divulgação

Através do Programa SOS Emergência, do Ministério da Saúde (MS), o Hospital Monsenhor Walfredo Gurgel (HMWG) começa a receber mais equipamentos. Foram entregues em junho: quatro focos cirúrgicos de LED, 14 monitores multiparâmetros, dois ventiladores de transporte (portáteis) e oito ventiladores pulmonares (estes dois últimos já em funcionamento na UTI Cardiológica). Até o final do ano, ainda será repassada ao HMWG mais uma série de equipamentos que, somada aos já entregues, totalizam um investimento de R$ 3.5 milhões.

Ao todo, serão entregues pelo MS ao HMWG 13 tipos de equipamentos, em um total de 67 máquinas. São esperados para este segundo semestre: um novo tomógrafo, um aparelho de raio-x portátil, cinco sistemas de suporte de ventilação não invasiva (Bipap), um arco cirúrgico digital, cinco carros de emergência, 28 carros de maca avançados, um aparelho de ultrassom, cinco furadeiras cirúrgicas e quatro carros de anestesia.

A diretora geral do HMWG, Maria de Fátima Pereira Pinheiro, conta que os contatos para adesão ao Programa SOS Emergência foram iniciados em novembro de 2012. “Naquele momento, tivemos as primeiras orientações sobre gestão hospitalar, formamos o Núcleo de Acesso e Qualidade Hospitalar (NAQH) e nos capacitamos. Hoje estamos colhendo os frutos de todo esse trabalho”, afirmou.

Atualmente 23 hospitais brasileiros compõem o Programa SOS Emergência. Destes, o Walfredo Gurgel foi o 12º a ser inserido. A atual política de qualificação do MS para as unidades de urgência por todo o país também oferece amparo através de repasses financeiros e realização de cursos, inclusive de pós-graduações em gestão hospitalar.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.