Mundo

Venezuela começa a vender sua criptomoeda, a ‘Petro’

Foto: Divulgação

(ANSA) – O governo da Venezuela, liderado por Nicolás Maduro, lançou oficialmente sua criptomoeda, a “Petro”, que é lastreada ao petróleo. No primeiro dia de pré-venda, a moeda arrecadou US$ 753 milhões, informou Caracas.

A “Petro” tem como lastro 5,342 bilhões de barris de petróleo e, de acordo com Maduro, pretende gerar um “sistema financeiro mais justo”.

O governo tinha decidido que o total de ativos virtuais emitidos seria 100 milhões de petros, sem emissões extraordinárias, e dos quais 82,4 milhões estariam disponíveis para a pré-venda, realizada ontem. “São 20h32 de 20 de fevereiro e alcançamos uma intenção de compra na pré-venda da ordem de 4,777 bilhões de iuanes, 596 milhões de euros, US$ 735 milhões”, afirmou Maduro.

O presidente alega que a criptmoeda pode ajudar a Venezuela a sair da crise econômica na qual se encontra, além de burlar restrições sofridas por sanções internacionais. No entanto, especialistas alegam que a “Petro” não deve atrair tantos investidores quanto o governo da Venezuela espera devido à baixa confiança no país.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!). Fale conosco!

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.