PE

Vazamento em Caruaru deixa moradores sem água na região

Foto: Marco Mari/ Blog do Planalto

Moradores de diversas regiões continuam sofrendo com a falta de agua. É a crise hídrica que continua permeando os estados, dessa vez, em caruaru, no Agreste de Pernambuco. O abastecimento de água no local será interrompido devido a um vazamento. O conserto na Estação de Tratamento de Água – ETA Salgado, só será realizado na próxima quarta-feira (04), segundo anunciou a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa).

Por esse motivo o abastecimento que seria feito hoje, agora só será realizada na quinta-feira (05). Por meio de nota, a assessoria da Companhia informou: “A Compesa informa que não haverá prejuízos à população, já que o calendário será atrasado em um dia, ou seja, o período do setor dois vai de quinta até a manhã da terça-feira, dia 10”, disse.

Os bairros que terão que esperar pela reposição de água serão Nossa Senhora das Dores, Centro, parte baixa do Vassoural, parte baixa do Santa Rosa, Indianópolis, Riachão, Alto da Balança, Petrópolis, Parque 18 de Maio, Jardim Liberdade, Residencial Shopping, Unifavip, prédios da Brapor, Inocoop, Cedro, Jardim dos Pinheiros, Monte Sinai, Encanto da Serra e a parte alta do Salgado.

Crise hídrica

A falta de água é uma dura realidade no Brasil. Desde o começo de 2014 que o pais começou a viver o que pode ser chamado de Crise hídrica. Com um problema grave de seca e também de gestão dos recursos naturais, o país vem apresentando níveis baixos em seus reservatórios em épocas do ano em que eles costumam estar bem mais cheios. Estima-se hoje que em torno de um quarto da água tratada é perdida no trajeto entre as represas e as torneiras.

A Organização das Nações Unidas (ONU) afirma que 110 litros por dia é suficiente para atender às necessidades de uma pessoa. Parece bastante, mas não é tanto assim. A cada dois minutos no banho, consumimos em média 12 litros de água. Apesar de o país possuir as maiores reservas de água por unidade territorial do planeta, infelizmente ela não é igualmente distribuída.

Na última segunda-feira (02), O Governo do Distrito Federal inaugurou o subsistema de captação e tratamento do Lago Paranoá. Durante a ação, o governador do estado Rodrigo Rollemberg falou sobre o investimento realizado. “Lamentavelmente, os governos anteriores não investiram em captação e tratamento de água. Nosso governo, desde o primeiro mês, compreendendo a importância, reservou recursos para esses investimentos”, afirmou.

A fala do governador foi claro, sobre o investimento não realizado pelo governo anterior, e sobre a importância da organização para dar inicio a um novo ciclo sobre o fornecimento de água na região.  Porém, isso leva a conscientização de como assim o governo precisa se responsabilizar pelos investimentos que levem água aos moradores, consumidores também precisam fazer sua parte no que diz respeito a economia, para ao menos, aliviar a situação.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.