Política

Temer não comenta sobre denúncia em evento no Rio de Janeiro

Foto: Alan Santos/PR

Depois de determinar a viabilização de verbas para a conclusão da obra do Instituto Estadual do Cérebro Paulo Niemeyer (IEC) ao ministro da Saúde, Ricardo Barros, durante a inauguração do Centro de Radiocirurgia, no Rio de Janeiro, nesta sexta-feira (15), o presidente Michel Temer evitou falar sobre a denúncia apresentada na última quinta-feira (14) pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot.

Essa foi a primeira vez que Temer apareceu em público após ser acusado, pela segunda vez, por organização criminosa e obstrução de Justiça. Assim que chegou ao IEC, o presidente foi questionado por jornalistas sobre a denúncia e logo em seguida, fugindo do assunto, respondeu: “Em relação a quê? Ao hospital?”.

Durante todo o tempo, em que esteve na inauguração, Temer não citou o caso. Já o ministro, Ricardo Barros, disse que as ações anunciadas para a conclusão do hospital do IEC não serão prejudicadas pela denúncia.

“Estamos governando plenamente, e essas questões não interferirão na determinação do presidente Temer de entregar um país melhor do que recebeu ao seu sucessor”, disse. Acrescentando ainda que “as questões jurídicas ficam com o Judiciário. Nosso negócio é governar o Brasil”, concluiu.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.