(ANSA) – Uma série de ataques do grupo fundamentalista islâmico Talibã deixou pelo menos 76 mortos e quase 200 feridos em quatro províncias do Afeganistão nesta terça-feira (17).

O atentado mais grave atingiu um centro de treinamento policial em Paktia e matou 48 pessoas, além de ter ferido 158. A ação começou com a explosão de dois carros-bomba e prosseguiu com tiroteios entre milicianos e as forças de segurança.

Já na província de Ghazni, o balanço de um ataque semelhante contra uma delegacia totaliza 25 falecidos e 30 feridos. As outras três pessoas morreram em ofensivas dos insurgentes nas províncias de Maidan-Wardak e Farah.

Tirado do poder pela invasão norte-americana de 2001, o Talibã segue ativo até hoje e comete recorrentes ataques no Afeganistão. Os Estados Unidos ainda mantêm cerca de 10 mil soldados no país e estudam aumentar o contingente para conter o grupo fundamentalista. Os conflitos na nação asiática já geraram uma população de 1,8 milhão de deslocados internos e espalharam cerca de 2,5 milhões de refugiados pelo mundo.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.