Rio Grande do Norte arremata 12 projetos eólicos e garante investimentos de R$ 1 bilhão

outubro 23, 2019 0 Por Rafael Nicácio
Rio Grande do Norte arremata 12 projetos eólicos e garante investimentos de R$ 1 bilhão

O Rio Grande do Norte receberá 12 novos projetos eólicos até o final de 2025, totalizando mais 161,800 megawatts (MW) de potência instalada. Os novos parques eólicos foram contratados no leilão A-6 realizado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Investimentos previstos no Estado são de R$ 1,1 bilhão.

Além disso, o RN também receberá mais duas usinas solares com potência total instalada de 80 MW.

Leilão

Somados os empreendimentos de todo o país, o leilão A-6 movimentou R$ 44 bilhões em contratos. As contratações viabilizaram investimentos de R$ 11,2 bilhões.

O certame contratou 91 novas usinas, sendo 27 hidrelétricas, 44 eólicas, 11 solares fotovoltaicas, seis termoelétricas (UTEs) a biomassa e três UTEs a gás natural, o que soma 1.155 MW médios de energia contratada.

Os destaques entre os estados ficaram com a Bahia (26), Rio Grande do Norte (14) e Santa Catarina (11).

Compradores

O Consórcio Jandaíra, formado pela Copel Geração e Transmissão S. A. e a Cutia Empreendimentos Eólicos S. A. contrataram R$ 247,4 milhões em quatro empreendimentos de energia eólica, garantindo investimentos de R$ 554,17 milhões. Os empreendimentos Jandaíra I, II, III e IV terão potência habilitada de 94,6 MW.

Os outros oito empreendimentos eólicos contratados no Rio Grande do Norte ficaram com a empresa Ventos de Santa Leia Energias Renováveis S.A. Somados, os contratos foram de R$ 209,9 milhões com garantia de investimentos de R$ 268,8 milhões. Serão mais 67,2 MW de potência instalada.

Já a empresa Voltalia ficou com os dois projetos de energia solar, nos empreendimentos Serra do Mel I e Serra do Mel II. O montante negociado foi de R$ 124.699.856,4, que garantirão investimentos de R$ 298.098.870.

Com informações do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energias (CERNE)