Mundo

“Putin conseguiu evitar uma terceira guerra mundial”, diz jornal cubano

A maior conquista do presidente russo, Vladimir Putin, é ter evitado uma Terceira Guerra Mundial, apesar das provocações da OTAN e dos EUA, de acordo com o jornal cubano Granma“A maior conquista da Rússia atual como país e do presidente Vladimir Putin (…) é ter evitado uma terceira guerra mundial, mesmo quando as ameaças, as sanções, provocações e cercos militares do Ocidente poderia levar a uma resposta militar “, escreveu Granma.

Embora “o Ocidente venha tentando enfraquecer a Rússia”, Moscou “enfrentou as sanções, os baixos preços do petróleo e outras dificuldades, sem grandes impactos sociais para seu povo”, disse o jornal. Além disso, a abordagem a América Latina, bem como o fortalecimento das relações com a China e outros países do bloco BRICS ajudou a Rússia a “reforçar o seu papel no campo internacional”.

O jornal cubano também observa que “o Ocidente encontrou na vizinha Ucrânia, onde se deu um golpe preparado e financiado por Washington, o campo propício para provocar Moscou”. No entanto, o líder russo está fazendo uma estratégia que, obviamente, “o fará invulnerável aos apetites ocidentais e mais forte de todos os pontos de vista”.

As informações são do Actualidad RT.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.