Professores do RN rejeitam proposta do governo e cogitam greve

Os trabalhadores em educação da Rede Estadual de ensino disseram não à proposta do Governo do RN para pagar o Piso Salarial de 2020. A deliberação ocorreu em assembleia realizada na escola Winston Churchill – que apesar da chuva, recebeu muitos profissionais do magistério.

Apresentada ao Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública do RN (SINTE/RN), a proposta do Executivo para quitar a correção, que neste ano é no índice de 12,84%, prevê um parcelamento do pagamento do Piso em três vezes da seguinte forma: 4,28 % em maio de 2020, 4,28% em janeiro de 2021 e 4,28% em abril do ano que vem. O Governo não fala em retroativo.

“A proposta foi prontamente rechaçada. Uma nova assembleia foi agendada para 28 de fevereiro, já com indicativo de greve. Até lá se espera que o Estado apresente uma nova proposta. Do contrário, o movimento grevista poderá ser iniciado em 04 de março, momento em que a categoria vai se encontrar em nova assembleia”, diz o SINTE-RN em nota.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.