alagamento mor gouveia natal
Foto: Julianne Barreto/Inter TV Cabugi

A obra de drenagem da avenida Capitão-Mor Gouveia deve ser concluída em até 60 dias. A promessa é da Prefeitura do Natal e foi dada por um procurador municipal em audiência presidida pelo juiz Artur Cortez Bonifácio, da 2ª vara da Fazenda Pública. A demora na conclusão é alvo de cobrança por parte do Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) em ação judicial.

A obra visa sanar problemas de alagamentos entre a rua São José e as avenidas Capitão-Mor Gouveia, Jerônimo Câmara e Jaguarari, na zona Sul da capital potiguar. O problema é objeto de uma ação civil pública ajuizada pelo MPRN em 2017.

Em março do ano passado, durante audiência de conciliação solicitada pelo MPRN, a Prefeitura havia se comprometido a apresentar até o dia 6 de abril o cronograma efetivo para a conclusão das obras de drenagem da região. A Prefeitura também garantiu que não vai paralisar as obras até a data definida. Em julho, o MPRN fez nova cobrança para que as obras fossem retomadas.

“Nossa expectativa é agora, e de uma vez por todas, essa obra seja enfim concluída. O MPRN tem feito seu trabalho, que é cobrar a solução para os alagamentos na região. Caso o prazo seja novamente descumprido, vamos fazer novas cobranças na ação civil”, falou a promotora de Defesa do Meio Ambiente, Gilka da Mata.

Ainda na audiência judicial, a Prefeitura se comprometeu a, em 15 dias, comprovar a conclusão da manutenção de todo o sistema de drenagem existente na região, inclusive com serviços de desobstrução e limpeza das bocas de lobo.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.