Precisando escolher um berçário para o seu bebê? Essas dicas podem te ajudar

Precisando escolher um berçário para o seu bebê? Essas dicas podem te ajudar

Precisando escolher um berçário para o seu bebê? Essas dicas podem te ajudar

Romário Nicácio janeiro 29, 2019 Educação

Acabou o período da licença maternidade e não tem com quem deixar o bebê? Embora ficar distante do filhote – nem que seja por um tempinho curto do dia – seja um momento um pouco doloroso para as mamães e os papais, os berçários são uma boa opção para quem precisa aqueles que não têm com quem deixá-los. A escolha de um berçário deve passar por uma rigorosa pesquisa. É ideal saber quem são os profissionais que trabalham na instituição: se possuem formação específica, experiência técnica e possui afetividade no trato com as crianças.

A infraestrutura é outro aspecto que deve ser olhado com muito cuidado. Como são os espaços? Obedecem regras de saúde e segurança? Possibilitam um desenvolvimento integral dos pequenos alunos? Em geral, a regra é fazer a “linha chata” mesmo. Afinal, as crianças não devem ser entregues aos cuidados de qualquer pessoa.  Confira outras dicas para escolher o berçário para o seu filho.

Visite diferentes berçários: É importante conhecer ao menos duas instituições para poder analisar quais são os pontos fortes e fracos de cada uma. Dê preferência a visitar o local sem horário marcado. Dessa forma, fica mais fácil analisar a rotina dos profissionais com os bebês o mais próximo da realidade. Não esqueça de conversar com outras mães e pais para saber a opinião deles. Além disso, converse com a coordenação pedagógica do berçário para tirar todas as dúvidas sobre quais são os valores que a instituição defende. 

Equipe: Como os profissionais da instituição se comporta com os bebês? Serão eles os responsáveis por cuidar do seu bebê enquanto você se dedica a outras atividades, então é importante tentar garantir que haja profissionalismo e amor no que está sendo feito. Verifique se a quantidade de profissionais é suficiente para o número de bebês. Recomenda-se o máximo de oito bebês para cada duas cuidadoras. 

Higiene e alimentação: O berçário deve manter bons hábitos de higiene para evitar a proliferação de doenças, que são comuns na fase infantil. Durante a sua visita, verifique se a instituição possui ambientes limpos e organizados, com ventilação e iluminação adequadas. Alguns berçários possuem, além da equipe pedagógica, profissionais da área de saúde, como nutricionista e enfermeira. Caso não tenha disponível, questione qual é o procedimento adotado quando há uma emergência relacionada à saúde de um bebê ou em caso de acidentes.

Localização: Esse é um elemento que deve ser ponderado no momento de escolher a melhor instituição para o seu bebê. É importante que a sua localização seja adequada à rotina da família. Imagine sair do trabalho e ainda precisar levar uma hora para chegar até o berçário? Essas questões podem atrapalhar a rotina da família e elevar o nível de estresse e cansaço dos pais e até mesmo das crianças. 

Rotina de atividades: O berçário deve propor uma rotina de atividades bem estruturadas e com horários fixos para incentivar o desenvolvimento motor, cognitivo, sensorial e social dos bebês. A equipe pedagógica deve propor atividades lúdicas, com música, contação de histórias, brincadeiras em grupo, entre outras. Essas ações são fundamentais para o desenvolvimento global do bebê. 

Infraestrutura: Os espaços físicos do berçário devem ser analisados pelos responsáveis pois a infraestrutura também influencia nos cuidados aos bebês. Os ambientes devem ser limpos e conservados, os brinquedos higienizados e adequados a cada faixa etária, quinas de móveis devem estar protegidas, tomadas cobertas e produtos de limpeza e outros materiais prejudiciais à saúde precisam ser colocados longe do alcance dos bebês. 

Mensalidade: Cuidar de um bebê, suprindo todas as suas necessidades, custa caro. Logo, o gasto com o berçário também deve ser colocado na balança. É importante não desestabilizar o orçamento familiar com as mensalidades da instituição. Uma alternativa boa alternativa é busca auxílios de programas públicos ou privados que oferecem buscar bolsas de estudo para berçário disponíveis em sua região. O Educa Mais Brasil, em parceria com o Portal N10, oferece 50% de desconto no valor mensal para cursos da educação básica. Para conseguir o benefício, realize a sua inscrição gratuita no site do Educa Mais Brasil. Depois é só fazer a escolha berçário ideal (é possível acessar um perfil da intuição com maiores informações) e clique em ‘Quero esta Bolsa’ para garantir o seu desconto.

Outros artigos

Urbanização da Praia de Pirangi avança

junho 12, 2021

Urbanização da Praia de Pirangi avança

Os serviços da urbanização da orla de Pirangi seguem avançando, em Parnamirim. Nesta semana foi iniciada a construção de um muro de contenção, que vai permitir o as...