Brasil

A partir de 8 de julho, motoristas deverão usar luz baixa durante o dia

Foto: Edilson Rodrigues/Agência Senado

A partir de 8 julho, todos os motoristas em tráfego pelas rodovias brasileiras vão precisar manter a luz baixa acesa durante o dia. O descumprimento da norma será considerado infração média, e os condutores serão penalizados com multa de R$ 85,13 e a perda de 4 pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

Portaria do Ministério das Cidades, publicada na sexta-feira (24), criou os códigos de infração para penalização dos que descumprirem a lei 13.290, de 23 de maio de 2016. A iniciativa da mudança na legislação foi do Congresso Nacional e o DENATRAN entende que a obrigatoriedade propicia aumento da segurança nas rodovias, por melhorar o nível de visibilidade dos veículos em circulação.

Pesquisas constataram uma redução entre 5% e 10% das colisões frontais com a adoção da medida. Além disso, os estudos apontam que a maioria desse tipo de acidente é causada pela não percepção do outro veículo por parte do motorista em tempo hábil para reação, de modo que o uso de faróis reduz significativamente o número de colisões entre veículos durante o dia, especialmente as frontais.

O uso de faróis baixos ou de faróis de rodagem diurna (DRL) é suficiente para o cumprimento da lei e estão regulamentados pela Resolução CONTRAN nº 227/2007. Faróis de neblina, de milha ou faroletes não cumprem a função exigida pela lei.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!). Fale conosco!

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.