Destaques, RN

Parceria entre IFRN e CERNE pode render novos cursos na área de energia

ifrn energia solar

Com o objetivo de promover capacitações na área de energia renovável no Rio Grande do Norte, o reitor do IFRN, Wyllys Farkatt, recebeu na última semana o presidente do Centro de Estratégias em Recursos Naturais e Energia (CERNE), Jean Paul Prates.

De acordo com Jean, o CERNE é uma entidade multisetorial que tem o objetivo de manter o Nordeste Setentrional como referência na área de energias renováveis. “Não somos centro de pesquisa nem instituição de ensino. Por isso buscamos o apoio para a capacitação no setor”, comentou.

“O IFRN se insere diretamente nas discussões para o desenvolvimento tecnológico do setor. Temos o Tecnólogo em Energias Renováveis, no Campus João Câmara, e a Engenharia em Energia, no Campus Natal-Central. Além disso, o projeto IFRN Solar gera energia elétrica em todos os nossos 21 campi e na Reitoria e é o maior do país no setor público”, destacou o reitor.

Nessa perspectiva, foram discutidas maneiras de viabilizar quatro cursos. Dois deles seriam com foco em energia solar e eólica. A proposta é estabelecer núcleos de troca de conhecimentos entre pesquisadores do RN e de outros estados e capacitar também os gestores ou possíveis gestores de empresas da área. “O Rio Grande do Norte é o maior produtor de energia eólica do país. Precisa ser também um polo de estudo em energia eólica”, acrescentou Jean Paul Prates.

Na reunião, foi acordada a parceria para o desenvolvimento de um projeto piloto de site colaborativo para as empresas do setor. A intenção é que seja um espaço em que empreendedores, gestores, prestadores de serviço e funcionários possam oferecer seu serviço, com a opção de avaliação e de contratação por meio do portal. Sites como o Trip Advisor e o Linked In são exemplos desse modelo de negócios. Foi levantada também a opção de utilizar os espaços dos campi do IFRN para a realização de reuniões em capacitações no interior do estado.

You Might Also Like

One comment

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.