Papa Francisco alerta para risco de ‘genocídio viral’

Papa Francisco alerta para risco de ‘genocídio viral’

Papa Francisco alerta para risco de ‘genocídio viral’

Rafael Nicácio março 31, 2020 Mundo

(ANSA) – O papa Francisco enviou uma carta para o presidente da Comissão Pan-Americana de Juízes para os Direitos Sociais, Roberto Andrés Gallardo, alertando para o risco de um “genocídio viral” em países que não tomam medidas para defender sua população em meio à pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), informou o “Vatican News”.

“Alguns governos adotaram medidas exemplares com prioridades bem definidas para defender a população. É verdade que essas medidas ‘incomodam’ aqueles que são obrigados a cumpri-las, mas é sempre para o bem comum e, a longo prazo, a maioria das pessoas as aceita e se move com uma atitude positiva”, escreveu o líder católico.

A carta, segundo a agência religiosa, continuou falando sobre as decisões neste período, dizendo que esses “governos que enfrentam a crise, mostram a prioridade de suas decisões: primeiro as pessoas. E isso é importante, pois sabemos que defender as pessoas supõe um prejuízo econômico”. Para Francisco, “seria triste se o oposto fosse escolhido, o que levaria à morte de muitas pessoas, algo como um genocídio viral”.

No documento, Jorge Bergoglio pede também que haja uma reflexão para o pós-pandemia, pois algumas das consequências dela já podem ser notadas – como por exemplo, a fome das pessoas mais vulneráveis na sociedade.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial.

Outros artigos