Na Arábia Saudita, mulheres votam pela primeira vez

(ANSA) – A Arábia Saudita, um dos países do mundo que mais impõem restrições às mulheres, realiza pela primeira vez em sua história eleições municipais com participação feminina.

No pleito deste sábado (12), mais de 130 mil mulheres se registraram para votar, número ainda pequeno se comparado aos 1,35 milhão de homens que podem fazer parte do sufrágio. Além disso, 980 cidadãs se candidataram a algum cargo, contra 5 mil postulantes do sexo masculino.

A participação feminina foi decidida em 2011, com um decreto do então rei Abdullah, morto em janeiro deste ano, mas se concretizou apenas agora. Nas eleições municipais, serão escolhidos dois terços dos vereadores de 284 municípios. O restante será nomeado diretamente pelo governo, uma monarquia baseada na seita puritana sunita do wahhabismo

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!