Concurso Público, Destaques

MPRN decide não cancelar concurso após descoberta de esquema de fraudes

mprn

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) descartou a possibilidade de cancelar o concurso público realizado neste fim de semana, apesar de a Polícia Civil ter desarticulado uma quadrilha suspeita de fraudar pelo menos 40 concursos públicos na Paraíba e em outros cinco estados do Nordeste.

De acordo com a assessoria de imprensa do MPRN, não houve nenhum prejuízo no processo seletivo, já que a fraude foi evitada pela operação da Polícia Civil. Segundo o órgão, não existem motivos para que as provas aplicadas no domingo sejam canceladas.

Sobre o concurso

O concurso do Ministério Público oferta 32 vagas no quadro de pessoal efetivo – sendo 27 para a função de técnico, 3 para analista de contabilidade e 2 para analista de engenharia civil. A remuneração inicial do cargo de técnico é de R$ 4.472,71, e do cargo de analista, R$ 5.609,19. A assessoria de imprensa do Ministério Público afirma que não há necessidade de cancelamento, já que, graças à ação da Polícia, o processo seletivo não foi prejudicado.

Ação da quadrilha

Segundo as investigações, mais de 400 pessoas foram beneficiadas pelo esquema através do pagamento de R$ 12 milhões à quadrilha durante os últimos dez anos. O esquema foi desarticulado pela Operação Gabarito.

Leia também:

Concursos da Polícia Civil, Detran e MPRN podem ter sido fraudados por quadrilha

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!). Fale conosco!

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.