Destaques, RN

Militares e Polícia Civil continuam com mobilização nesta sexta (22)

A paralisação da Polícia Militar do Rio Grande do Norte (PM-RN) e a mobilização dos policiais civis contra atraso de salários será mantida nesta sexta-feira, dia 22 de dezembro. É o quinto dia seguido de movimento das categorias, que esperam receber os salários de novembro, dezembro e o 13°.

De acordo subtenente Eliabe Marques, presidente da Associação dos Policiais e Bombeiros Militares Estaduais, mesmo diante do anúncio do calendário de pagamento por parte do Governo, a categoria resolveu permanecer em protesto.

Isso porque, de acordo com ele, a proposta do Executivo de pagar o salário de novembro no próximo dia 29, e o 13º até o dia 10 de janeiro não agradou aos policiais e bombeiros militares. “Queremos receber tudo ainda esse ano”, enfatiza Eliabe Marques.

No que diz respeito à Polícia Civil, os agentes, escrivães e delegados também decidiram pela manutenção da mobilização. Eles trabalham em regime de plantão deste a quarta-feira (20). Somente as Delegacias de Plantão da Zona Sul e da Zona Norte, e a Central de Flagrantes estão atendendo a população.

“Inicialmente, o governador Robinson Faria havia declarado que teria dinheiro para pagar os atrasados e agora anuncia que iniciaremos 2018 com pelo menos um mês em atraso e sem recebermos o 13°. Então, dessa forma, a categoria entendeu que não tem como retomar a normalidade das atividades”, afirma Nilton Arruda, presidente do SINPOL-RN.

Na tarde desta quinta-feira (21), a Diretoria do SINPOL-RN teve uma reunião com a secretária de Segurança Pública, Sheila Freitas. Ela ressaltou as dificuldades econômicas do Estado e alegou que tem atuado diariamente junto ao Governo para que os salários dos servidores da Segurança sejam colocados em dia.

O Sindicato do Policiais Civis expôs a dura realidade que os agentes estão vivenciando por causa dos 22 meses seguidos de atrasos salariais.

“Nosso movimento tem sido traçado diariamente, de acordo com as mudanças de cenários. Hoje, entendemos por manter a mobilização na Degepol e nas delegacias regionais, mas nesta sexta-feira iremos tirar novas deliberações de ações e atos a serem realizados na próxima semana”, explica Nilton Arruda.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.