Ciência

Microsoft lança atualização do Windows para corrigir ‘bug’ que existe há 19 anos

A Microsoft divulgou hoje uma atualização para uma grande falha de segurança em seu software Windows, que existe desde 1995. O ‘bug’ foi descoberto por especialistas da IBM. As informações são do Daily Mail.

Uma equipe de pesquisa de segurança cibernética da IBM descobriu o bug em maio, descrevendo-o como uma “significativa vulnerabilidade” no sistema operacional. “O código do bug existe há 19 anos e tem sido explorado remotamente nos últimos 18 anos”, disse a equipe de pesquisa da IBM X-Force em seu blog na última terça-feira (11).

O bug, que está presente em todas as versões do Microsoft Windows a partir do Windows 95, permite que um invasor assuma e controle remotamente um computador. “Nós relatamos esse problema com um trabalho de prova de conceito explorado em maio de 2014, e hoje, a Microsoft está consertando isso”, disseram eles.

A falha é conhecida como ‘Bug Unicórnio’. Normalmente, os atacantes usam a execução remota de código para instalar malware, que pode ter qualquer número de ações maliciosas, como keylogging, conseguindo ter acesso remoto ao computador, dizem os pesquisadores. A atualização pode ser baixada através do “Windows Update” diretamente no computador.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.