Mergulhador descobre morte do pai após missão na Tailândia

Mergulhador descobre morte do pai após missão na Tailândia

Mergulhador descobre morte do pai após missão na Tailândia

Rafael Nicácio julho 11, 2018 Mundo

O médico e mergulhador australiano que desempenhou um papel crucial no resgate dos 12 jovens e seu treinador de uma caverna na Tailândia descobriu, ao sair da gruta de Tham Luang, que seu pai havia morrido.

Richard Harris, anestesista de 53 anos, se uniu à missão de socorro após um pedido de mergulhadores britânicos empenhados na operação, cancelando assim as suas férias já programadas.

Em Tham Luang, teve a tarefa de decidir a ordem de saída dos 12 adolescentes e do treinador, com base em uma avaliação de suas condições de saúde.

No entanto, ao finalmente sair da caverna – ele foi um dos últimos -, Harris descobriu que seu pai tinha morrido na Austrália enquanto ele estava na missão. Segundo um colega da clínica em que o médico trabalha, o genitor não estava doente no momento da partida do filho. A causa do falecimento não foi informada.

Harris é admirado entre mergulhadores por causa de suas explorações em grutas da Austrália e da Nova Zelândia. Em 2011, apesar do luto, resgatou o corpo de uma companheira de imersão que falecera por falta de oxigênio em uma exploração, carregando o corpo até a superfície por oito quilômetros. (ANSA)

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial.

Outros artigos