MEC anuncia concurso de TCC’s com prêmios em dinheiro

MEC anuncia concurso de TCC’s com prêmios em dinheiro

MEC anuncia concurso de TCC’s com prêmios em dinheiro

Rafael Nicácio maio 19, 2021 Educação

O Ministério da Educação (MEC) anunciou, nesta semana, o concurso de monografias voltado para estudantes e egressos de cursos de graduação reconhecidos pelo Órgão. De acordo com a portaria interministerial MEC/MD de Monografias sobre Defesa Nacional – Prêmio Santos Dumont 2021, o objetivo é identificar, dar visibilidade e valorizar os trabalhos de conclusão de curso que tenham relação com Defesa Nacional.

A previsão é para que o concurso seja realizado bienalmente, premiando candidatos oriundos de instituições públicas e privadas. Os seis melhores trabalhos de conclusão de curso (TCC) receberão premiação em dinheiro. Conforme o MEC, os prêmios serão de R$7 mil para o 1º lugar; R$6 mil para 2º lugar; R$5 mil para 3º lugar; R$4 mil para 4º lugar; R$3 mil para 5º lugar e R$2 mil para o 6º lugar.

A cada edição do concurso, o Ministério da Defesa e o Ministério da Educação publicarão edital conjunto de abertura de inscrições, contendo as informações necessárias à realização do certame.

A ideia, segundo o MEC, é estimular estudantes a desenvolverem trabalhos de conclusão de cursos relacionados à defesa nacional, que possam vir a contribuir para a ampliação da produção científica e consolidar o pensamento nacional sobre essa área.

“Nós estamos tentando, sobretudo, trazer para a educação, com esse concurso, a ideia de defesa muito próxima à ideia de patriotismo. Não é a defesa como segurança, é como patriotismo. É a gente pensar sobre soberania nacional”, afirmou o Ministro de Estado da Educação, Milton Ribeiro, durante o anúncio.

O concurso está previsto para alcançar todas as regiões do país. “Nós temos que olhar com respeito e carinho para as instituições privadas, porque elas são parceiras”, reforçou o Ministro.

A Secretaria de Regulação e Supervisão da Educação Superior (Seres), a Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) e a Secretaria de Educação Superior (Sesu), pertencentes ao MEC, foram responsáveis pela elaboração do edital e pela consolidação do acordo.

Além disso, cada uma dessas secretarias ficou responsável por exercer as seguintes funções: a Seres ficou responsável por apoiar a divulgação do Prêmio; a Sesu será responsável pelos pagamentos de diárias, passagens e pró-labore para os membros da comissão de avaliação. A Secretaria também disponibilizou a infraestrutura para as inscrições, que serão realizadas via ABEPRO e UNIFEI; já a Setec ficou responsável por acompanhar o processo de avaliação e, em conjunto com a Seres, auxiliar na divulgação.

Outros artigos