Lobista cita Henrique Alves, Eduardo Cunha e Renan Calheiros em acordo de delação na Lava Jato

Lobista cita Henrique Alves, Eduardo Cunha e Renan Calheiros em acordo de delação na Lava Jato

Lobista cita Henrique Alves, Eduardo Cunha e Renan Calheiros em acordo de delação na Lava Jato

Romário Nicácio agosto 29, 2015 Política

Apontado como o operador do esquema de corrupção, o lobista Fernando Soares, mais conhecido como Fernando Baiano, indicou a integrantes do Ministério Público Federal que pretende entregar informações sobre a suposta participação de três figuras de peso do PMDB nos desvios de recurso da Petrobras. Ele negocia a delação premiada. As informações são da Folha de S. Paulo.

De acordo com as informações os três nomes seriam o do presidente do Senado, Renan Calheiros (AL), do ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (RN), e do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (RJ). Fernando Baiano também adiantou que teria mais informações sobre a atuação de Nestor Cerveró, ex-diretor da área internacional da Petrobras.

As tratativas com o lobista começaram há cerca de um mês, em Curitiba, onde está preso em uma cela da Superintendência da Polícia Federal. Os termos da delação ainda não foram assinados, mas o acordo deve ser feito ainda na próxima semana. Com a entrega de informações aos investigadores, Fernando Baiano terá penas atenuadas pelos crimes que cometeu.

Outros artigos

INSS vai revisar 170 mil benefícios em agosto

julho 27, 2021

INSS vai revisar 170 mil benefícios em agosto

Atenção: cerca de 170 mil segurados da Previdência Social que recebem benefícios por incapacidade temporária – o antigo auxílio-doença – devem ficar atentos para ag...