Justiça cria grupo de extensão para estudar blockchain e inteligência artificial

setembro 3, 2018 0 Por Rafael Nicácio
Justiça cria grupo de extensão para estudar blockchain e inteligência artificial

A Justiça Federal do Rio Grande do Norte lança mais um projeto voltado para discussão e debate sobre segurança da informação e inteligência artificial. O Quinta Jurídica i9 é um projeto de extensão da JFRN e do núcleo da Escola de Magistratura Federal no Estado potiguar. Serão oferecidas duas linhas de pesquisa para estudo: blockchain (uma forma de validar transações ou registros) e inteligência artificial.

As aulas acontecerão por meio telepresencial, mensalmente. Cada linha de pesquisa terá 15 alunos e os professores, brasileiros e estrangeiros, estarão ministrando aulas em um plataforma própria, semelhante a de reuniões privadas.

As inscrições para quem deseja participar do projeto de extensão da JFRN e Esmafe estarão abertas a partir da próxima segunda-feira (10), no site www.jfrn.jus.br. O interessado precisará apresentar uma carta de motivação.

O público alvo é integrado por estudantes e profissionais das áreas jurídica, tecnológica e afins. As vagas são limitadas para participantes do Norte e Nordeste do país. “Limitar as inscrições para o Norte e Nordeste do país é uma forma de incentivar a inovação tecnológica nessas regiões”, explica o Diretor do Foro e coordenador-geral do projeto de extensão, Juiz Federal Marco Bruno Miranda. Ele coordenará ao lado dos professores da UFRN Elias Jacob, Amanda Lima e Victor Scarpa.

As aulas serão iniciadas em novembro deste ano e irão até novembro de 2019.