Jair-Bolsonaro
Foto: Wilson Dias/ Agência Brasil

O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ) foi condenado a pagar R$ 10 mil  por danos morais à deputada Maria do Rosário (PT-RS). A decisão da juíza Tatiana Dias da Silva, da 18ª Vara Cível de Brasília, é em primeira instância.

Bolsonaro disse em dezembro de 2014, no plenário da Câmara, que não estupraria Rosário “porque ela não merece”. Ele deu a declaração ao reagir a um pronunciamento feito por ela sobre a Comissão Nacional da Verdade, que investiga crimes praticados durante o período de ditadura militar.

O deputado então disse: “Não saia não, Maria do Rosário, fique aí. Fique aí, Maria do Rosário. Há poucos dias você me chamou de estuprador no Salão Verde e eu falei que não estuprava você porque você não merece. Fique aí para ouvir”.

Além deste processo na Justiça, Bolsonaro é réu em um processo por quebra de decoro parlamentar, que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF), sobre a mesma declaração.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.