Ir à academia com familiares ajuda a manter o foco nos treinos

dezembro 21, 2019 2 Por Rafael Nicácio
Ir à academia com familiares ajuda a manter o foco nos treinos

A rotina da enfermeira Nayara Cristina Thediga Torres é puxada. Como trabalha durante muitas horas por dia, ela conta que para ter um tempo a mais com a filha, incentivou-a a se matricular na academia que frequenta há quatro anos. “Um dos benefícios que vejo é conseguirmos passar mais tempo juntos, pois, como trabalho o dia todo, a noite posso curtir minha filha e nos mantermos saudáveis”, relata.

A frequência da filha nos treinos tem sido mantida por essa “parceria familiar”, como explica Nayara. “Esse apoio que damos uma a outra tem ajudado mais a ela do que a mim. Como sou super focada, estou sempre incentivando para ela treinar e manter a sua dieta”, revela.

O profissional de educação física da Bodytech Tirol, Allan Barbosa, confirma que treinar com pessoas próximas ajuda na permanência na academia. “Um dos maiores benefícios de praticar a atividade física com familiares é o fator motivação. Torna-se estimulante saber que o familiar também tem o objetivo de aproveitar e desfrutar a vida de uma forma mais saudável, vivendo mais e melhor”, diz.

Além da permanência nos treinos outros fatores de uma vida saudável são facilitados. “Como normalmente os familiares se encontram no dia a dia fora do ambiente da academia, a parceria em outros hábitos saudáveis, como na alimentação, sono, também é comum. Isso ajuda a complementar os programas de treinamentos e otimizar os resultados desejados seja na composição corporal e/ou no condicionamento físico do praticante”, conta Allan.

Gigi e Aline aproveitam o tempo na academia para a cumplicidade entre as duas

Quem também treina com parente é Girleide Buonora. A representante comercial fala que foi a responsável por levar a filha para a academia e que isso trouxe muitos resultados. “Quem começou a frequentar a Bodytech fui eu, depois levei minha filha. Ir academia com ela melhorou mais ainda nossa qualidade de vida e cumplicidade. Na questão da alimentação a nossa parceria ajuda muito, pois incentivamos uma a outra”, comenta.

Os relatos tanto de Girleide como o de Nayara mostram como ir à academia pode ser um programa de família. “Os clientes que treinam em família dificilmente faltam a academia. Nós professores sempre perguntamos por todos e isso é um grande estímulo para eles continuarem e dar exemplo uns aos outros, se beneficiando assim das práticas de exercícios físicos supervisionados”, pontua o personal Allan Barbosa.

“A principal relação entre atividade física e familiares é o fator estimulante para continuar fisicamente ativo, seja dentro do ambiente de academias ou em clubes. Acredito e sinto na pele que temos o poder de influenciar pessoas e porque não quando nos referimos de hábitos saudáveis?”, reflete Allan.