Mundo

Harvard é criticada por realizar estudo secreto de vigilância

Harvard

De acordo com informações reveladas, dez salas de aula do campus tiveram câmeras instaladas que capturaram imagens a cada minuto durante o primeiro semestre de 2014. Um programa de computador poderia digitalizar as imagens mais tarde para determinar o número de lugares que estavam cheios ou vazios na classe. Alunos e professores não foram informados do estudo. As informações são do Actualidad RT.

A pesquisa, realizada por iniciativa da Universidade de Harvard para a Aprendizagem e Ensino, foi aprovada pelo Conselho de Revisão Institucional da escola. Pela primeira vez, o caso foi relatado em uma reunião do corpo docente na última terça-feira (4) e foi divulgada mais tarde para o jornal estudantil “Harvard Crimson”.

“Se você olhar para as pessoas eletronicamente e não dizer antes, você deve conversar mais tarde”, diz o professor de Ciência da Computação Harry Lewis, que soube da vigilância por companheiros não identificados. “Você deve fazer a pesquisa apenas com o consentimento das pessoas que pretendem estudar”, disse ele.  Drew Faust, reitroa da Universidade de Harvard, disse que está levando o assunto “muito a sério”.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.