Foto: Demis Roussos

O Governo do Estado recebeu, nesta sexta-feira (26), o presidente do Conselho Municipal de Kupchino (distrito de São Petesburgo, Rússia), Mikhail Cherepanov, para discutir potenciais investimentos estrangeiros no Rio Grande do Norte e articular a participação de uma delegação potiguar no 1º Fórum Internacional dos Municípios dos Países do BRICS – que é um agrupamento econômico e político que envolve Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

O RN foi um dos três estados brasileiros visitados pela missão russa, ao lado da Paraíba e de São Paulo, para tratar das parcerias e receber o convite para o Fórum Internacional, que será realizado entre 19 e 23 de setembro em São Petesburgo. O evento é uma iniciativa do Ministério das Relações Exteriores da Rússia, que destacou Cherepanov para articular a participação dos representantes das cidades dos cinco países do bloco econômico.

Para a governadora Fátima Bezerra, a possibilidade de parcerias e investimentos no Fórum é importante para o projeto de crescimento do estado. “Esse evento representa um fortalecimento dos BRICS. No que estiver ao alcance do Governo não mediremos esforços para contribuir e formar parcerias”, destacou.

O evento, segundo o plano apresentado por Mikhail Cherepanov, é voltado para a criação de uma plataforma que integre os projetos dos municípios e empreendedores russos e de outros países europeus. “A proposta do Fórum é ampliar a força e a influência dos BRICS no mundo. A ideia é que, em três anos, contemos com 12 mil participantes, entre municípios, representantes regionais e empresários. Ficaremos muito felizes se a governadora e representantes do estado possam participar”, pontuou o político russo.

O foco do evento é mediar projetos de médio porte em setores como construção civil, turismo e energia. A Federação dos Municípios do RN (Femurn), que esteve representada pelos prefeitos Túlio Lemos (Macau) e Berg Lisboa (Goianinha), destacaram os potenciais turísticos do litoral e do interior potiguar, o que foi bem acolhido pela missão russa. Um portfólio de potenciais investimentos será formulado em conjunto e deverá ser enviado antes da realização do Fórum, para facilitar a mediação e encaminhar reuniões com os empreendedores russos. “Essa filosofia de articular projetos de médio porte casa diretamente com a nossa política de interiorização do turismo”, completou a governadora Fátima Bezerra.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.