Governo do RN precisa cortar despesas com pessoal e fazer privatizações, diz Tesouro Nacional

janeiro 17, 2019 0 Por Rafael Nicácio
Governo do RN precisa cortar despesas com pessoal e fazer privatizações, diz Tesouro Nacional

Em relatório enviado ao Rio Grande do Norte, o Tesouro Nacional recomendou que o governo evite aumentos ou até promova corte de despesas com pessoal, além de privatizar empresas estatais (a exemplo da Caern e da Potigás), para que assim, possa melhorar sua capacidade de pagamento.

O “Guia para o Governador“, assinado pelo ministro da economia Paulo Guedes, apresenta a situação do RN em relação às dívidas e metas anuais, as operações de crédito com o governo federal, além da nota sobre capacidade de pagamento.

De acordo com o relatório, o Rio Grande do Norte está com classificação “C” na capacidade de pagamento (Capag), o que dificulta a aquisição de empréstimos com garantias da União, junto aos bancos. O índice é composto por três pontos. Em Endividamento, o RN está com a melhor classificação, a “A”. Entretanto, quanto aos outros dois pontos – poupança corrente e liquidez – o estado obteve classificação “C”.

“O Estado precisa melhorar seus indicadores para melhorar seu rating e, consequentemente, ser elegível para contratar operações de crédito com garantia da União”, mostrou o relatório – afirmando que desde 2017, o estado tenta um empréstimo de R$ 698 milhões com a Caixa Econômica Federal.

Confira as recomendações

  • Suspender novas contratações;
  • Pagar precatórios;
  • Privatizar estatais;
  • Aumentar alíquotas de impostos;
  • Modernizar a máquina arrecadatória;
  • Reduzir incentivos fiscais;
  • Reduzir despesas de pessoal;
  • Reduzir outras despesas correntes;
  • Utilizar receitas oriundas de concessões;
  • Desvincular receitas;
  • Melhorar gestão de caixa;
  • Evitar acúmulo do Restos a Pagar (RAP).