Portal N10

Governo do Estado e UFRN preparam parcerias na área de saúde

Além disso, há a perspectiva de, a partir dessa parceria, a construção de um Centro de Genética Humana

A Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e o Governo do Estado avaliaram, durante reunião nesta quinta-feira, 22, duas possibilidades de parceria: uma envolvendo o Laboratório Central de Anatomia Patológica e Citopatologia do RN e outra com o Laboratório de Biologia Molecular e Genômica (LBMG).

No primeiro caso, a proposta do Governo do Estado é fazer com que, após sua construção, o laboratório esteja vinculado ao Hospital Universitário Onofre Lopes, para a realização de exames preventivos ao câncer e doenças crônicas. Os valores são fruto de investimento de quatro milhões de reais provenientes do empréstimo contratado pela administração estadual junto ao Banco Mundial.

Em relação ao LBMG, a ideia é firmar um termo de cooperação para aquisição de um software para possibilitar a realização de testes de paternidade no Estado com valor abaixo do contratado atualmente. Além disso, há a perspectiva de, a partir dessa parceria, a construção de um Centro de Genética Humana vinculado ao laboratório.

UFRN e Governo do RN parceria
Foto: Carol Reis

Presentes à reunião, a secretária Chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, e o secretário de Estado do Trabalho, Vagner Araújo, colocaram que o termo de cooperação para operacionalizar os testes de paternidade pode ser viabilizado já na próxima semana.

Já em relação ao Laboratório Central de Anatomia Patológica e Citopatologia do RN, a reitora da UFRN, Ângela Maria Paiva Cruz, explicou que há a necessidade de uma reunião adicional com a presidência da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) e com as secretarias de saúde envolvidas.

Na reunião, também estiveram presentes os superintendentes dos três hospitais universitários do estado, membros das equipes da Superintendência de Infraestrutura e do laboratório.

You might also like

Leave A Reply

Your email address will not be published.