FBI aponta risco de atentado na praça São Pedro

(ANSA) – A Itália reforçou ainda mais a segurança em lugares de culto e de aglomeração devido a possíveis ataques terroristas. Com base em informações provenientes do exterior sobre eventuais atentados, a polícia decidiu aumentar controles, serviços de vigilância e postos de bloqueio, principalmente em Milão e Roma, onde fica o Vaticano.

Os alarmes teriam partido do FBI e indicam como possíveis alvos a praça São Pedro – onde o papa Francisco costuma fazer suas celebrações -, o Domo de Milão e o Teatro alla Scala, também na capital da Lombardia.

No entanto, a ANSA apurou que, até o momento, não há nenhum sinal de “ameaças concretas” ao país. Apesar disso, uma bolsa suspeita foi encontrada e isolada em um ponto de ônibus perto da Embaixada dos Estados Unidos na capital italiana. O esquadrão antibombas já está no local avaliando o objeto.

Nesta quarta-feira (18), o grupo jihadista Estado Islâmico disse em sua revista digital, a “Dabiq”, que não vai parar até hastear sua bandeira no Vaticano.

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!