Facebook admite pensar no botão ‘Dislike’, diz Mark Zuckerberg

Durante uma sessão de perguntas e respostas na sede da empresa, na quinta-feira (11),  o presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, disse que a empresa está estudando a implementação de novas opções para o botão “Curtir” na rede social.

A ideia de poder expressar e compartilhar opiniões e sentimentos com inúmeras pessoas mundo afora é uma das mais cativadoras características nas redes sociais. O Facebook – a plataforma social mais utilizada no mundo – recebe diariamente na web uma série de ‘pedidos’ para que se criem novas e variadas maneiras de expressar posições e sensações na rede social, incluindo o tão aclamado botão “dislike”, que não existe (ainda).

Mark Zuckerberg também defendeu a política de nomes reais para os usuários do Facebook. Para ele, a identificação através dos nomes legais das pessoas incentiva a prestação de contas entre os usuários. (Foto: Divulgação)
Mark Zuckerberg também defendeu a política de nomes reais para os usuários do Facebook. Para ele, a identificação através dos nomes legais das pessoas incentiva a prestação de contas entre os usuários. (Foto: Divulgação)

Quando perguntado se a página pretende criar um botão de “Dislike” (Não curti), Zuckerberg respondeu: “Estamos pensando sobre isso”. No entanto, ele enfatizou que “a ideia não seria de criar um botão para que as pessoas manifestem que não apreciaram determinada postagem”.

“Algumas pessoas pedem o botão ‘dislike’ porque elas querem uma maneira de poder dizer ‘isso não é bom’, mas não é algo que achamos que seria positivo para o mundo”, afirmou. O medo do executivo é que essa função seja utilizada para gerar sentimentos negativos. Para ele, o termo “dislike” talvez não seja o ideal.

Segundo Zuckerberg, muitas pessoas fazem postagens sobre coisas tristes, como perdas familiares, fim de relacionamento e etc. Com isso, muitos não se sentem à vontade de curtir tais postagens. “Ainda precisamos encontrar o jeito certo de fazer isso. Não é algo que será lançado em breve”.

Veja o vídeo em que Zuckerberg fala sobre o botão “dislike”:

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!