caça-dos-eua
Caça dos EUA (Foto: US Navy)

(ANSA)- Os Estados Unidos conduziram o primeiro ataque aéreo no Iêmen contra o grupo extremista Estado Islâmico (EI), destruindo dois campos de treinamento e matando “dezenas” de militantes da organização terrorista, informou o Pentágono nesta terça-feira (17).

Segundo as autoridades norte-americanas, os ataques tinham como objetivo acabar com as “tentativas do EI de adestrar novos combatentes”. A rede CNN informou que, nos dois campos de treinamento destruídos, havia cerca de 50 homens do EI. Os centros de treinamento ficam na zona de Al-Bayda e eram usados para ensinar os combatentes a realizarem ataques com AK-47, metralhadoras e lançadores de foguetes.

“O EI usou territórios de fora do controle do governo do Iêmen para planejar, inspirar e recrutar combatentes para ataques terroristas contra a América e seus aliados em todo o mundo. Há anos, o Iêmen é usado como hub por terroristas”, disse o Pentágono. Alem do Estado Islâmico, a organização Aqap (Al Qaida na Península Arábica) também está na mira das forças norte-americanas. O Pentágono pretende reduzir a capacidade dos dois grupos de coordenar ataques no exterior e manter o controle de áreas do Iêmen.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.