Estuprada por 8 meses, jovem indiana é queimada viva

Estuprada por 8 meses, jovem indiana é queimada viva

Estuprada por 8 meses, jovem indiana é queimada viva

Romário Nicácio maio 11, 2015 Mundo

(ANSA) – Uma adolescente de 15 anos, abusada por oito meses e chantageada pelo seu torturador, foi queimada viva no último sábado (9) em um bairro da periferia de Nova Délhi, capital da Índia, após ter tentado resistir a um novo estupro.

O caso foi divulgado neste domingo (10) pelo jornal “Hindustan Times”, segundo o qual, cerca de quatro pessoas foram presas pelo crime. O principal deles, identificado como Lokendar, havia violentado a garota no segundo semestre do ano passado e, em seguida, começou a chantageá-la com a ameaça de divulgar um vídeo do abuso.

O homem e alguns amigos passaram então a estuprar a jovem constantemente. Ela chegou até a pagar uma quantia de 5 mil rúpias (R$ 230) para se livrar do pesadelo, mas o grupo não desistiu de atormentá-la.

De acordo com um comissário de polícia, Arvind Kumar, Lokendar convocou a vítima para sua casa no último sábado e, na presença da esposa, Archana, “solicitou” outra relação sexual, mas ela recusou. Em retaliação, o homem e seus cúmplices cobriram o corpo da garota de querosene e atearam fogo. Levada para um hospital com queimaduras em 90% da pele, os médicos não puderam fazer nada para salvá-la.

Outros artigos

Urbanização da Praia de Pirangi avança

junho 12, 2021

Urbanização da Praia de Pirangi avança

Os serviços da urbanização da orla de Pirangi seguem avançando, em Parnamirim. Nesta semana foi iniciada a construção de um muro de contenção, que vai permitir o as...