Destaques, Natal

Estudo aponta que 52% dos jovens analisados em Natal estão com HPV

vacina HPV
Foto: Renan Viana / ASCOM – UEPA

Pesquisa realizada pelo Ministério da Saúde revela que o número de brasileiros infectados pelo HPV é alto. O estudo analisou mais de 7.500 indivíduos por todas as capitais brasileiras, e observou que das pessoas testadas, a prevalência estimada de HPV foi de 54%, sendo que 38% destes participantes apresentaram o vírus de alto risco para o desenvolvimento de câncer. Além disso, a média de idade de início da atividade sexual é de 15 anos, sendo que muitos jovens não utilizam preservativos.

Entre os jovens da capital do Rio Grande do Norte houve uma prevalência de 52% de infectados pelo HPV. Esses resultados de Natal são preliminares, mas preocupantes, como explica a diretora de Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais do Ministério da Saúde, Adele Benzaken.

“Os jovens brasileiros estão iniciando a atividade sexual precocemente e sem utilizar o preservativo. Se as pessoas estivessem utilizando o preservativo não teria essa frequência tão alta, que chega a quase 50%. Aí estão divididos em HPV de baixo risco e HPV de alto risco. É uma divisão que se faz pra saber se a pessoa tem, ou não, possibilidade no futuro, de desenvolver câncer de pênis, de colo de útero e câncer de orofaringe”.

Foto: Renan Viana / ASCOM – UEPA

De acordo com o estudo, 16% dos jovens têm uma Infecção Sexualmente Transmissível prévia ou apresentaram resultado positivo no teste rápido para HIV ou sífilis. Por isso, o Ministério da Saúde está trabalhando em uma agenda estratégica para a prevenção nas escolas, como afirma a dra. Adele Benzaken.

“Sabemos que o Ministério da Saúde assinou um novo memorando de entendimento com o Ministério da Educação, de retomar o Saúde e Prevenção na Escola, que é um ponto fundamental para essa agenda de jovens. Nós estamos querendo trabalhar esses acessos aos serviços de saúde”.

A pesquisa faz parte do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS). Os dados finais deste projeto serão disponibilizados no relatório que será apresentado em abril do ano que vem. O lançamento será realizado durante o encontro “Estudo POP-Brasil: resultados e ações para o enfrentamento da infecção pelo HPV”.

Para mais notícias do Rio Grande do Norte, clique aqui!

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.