Rafinha se destaca e América-RN vence Brusque na Arena das Dunas

No desafio da oitava rodada da Série C, a equipe do América-RN venceu o Brusque neste domingo (11) com um placar de 2 a 1.
Rafinha se destaca e América-RN vence Brusque na Arena das Dunas
Rafinha marca dois, América-RN vence Brusque e sai do Z-4 (📸 Canindé Pereira/América FC)

No desafio da oitava rodada da Série C, a equipe do América-RN venceu o Brusque neste domingo (11) com um placar de 2 a 1. Esta vitória foi crucial para o time potiguar, proporcionando um distanciamento, ainda que momentâneo, da zona de rebaixamento, bem como a conquista de três pontos significativos para a competição.

O grande destaque do confronto foi o atacante Rafinha. O jogador marcou os dois gols que garantiram a vitória do América. Uma atuação impressionante, considerando que essa foi apenas a sua segunda participação com a camisa do time.

América sobe na tabela e Brusque cai para a nona posição

Esta vitória foi estratégica para o América-RN, que saiu da zona de rebaixamento e ascendeu para a 16ª posição na tabela da Série C, acumulando agora nove pontos. Isso marca quatro jogos de invencibilidade do time rubro na competição. Por outro lado, o Brusque, mesmo com seus 11 pontos, caiu para a nona posição.

A batalha na noite deste domingo, em Natal, culminou na vitória do América-RN por 2 a 1 contra o Brusque. Rafinha, o atacante, foi a estrela rubra da noite, marcando os dois gols do time dirigido por Thiago Carvalho. O segundo gol ocorreu aos 42 minutos do segundo tempo, causando uma explosão de alegria entre os torcedores na Arena das Dunas.

Detalhes do jogo: Primeiro tempo e segundo tempo

O América iniciou melhor e reclamou de pênalti não marcado em cima de Gustavo Ramos, com menos de um minuto de partida. Na sobra, Léo Rafael parou no goleiro Matheus Nogueira. O gol rubro veio aos nove minutos. Após escanteio curto, Luiz Paulo cruzou e Rafinha, livre, cabeceou para as redes.

O Brusque demorou a acordar, e só levou perigo aos 27 minutos, quando Guilherme Queiróz recebeu na frente e finalizou para Bruno Pianissolla salvar. O empate saiu pouco depois. Madison aproveitou sobra de bola na meia-lua e emendou chutaço de primeira. Golaço. Diego Tavares, em chute de longe, por pouco não virou.

O ritmo do jogo caiu um pouco no segundo tempo, com as mudanças realizadas pelos dois treinadores. O Brusque assustou em lance que Cléo Silva achou Alex Ruan na grande área, mas Bruno Pianissolla evitou a virada. Rodolfo Potiguar tentou surpreender, mas não finalizou bem. O América precisou acionar Wallace Pernambucano e Elvinho, que exigiram boas defesas de Matheus Nogueira. O goleiro do Brusque só não pegou a cabeçada fulminante de Rafinha após cruzamento de Marcos Ytalo, aos 42 minutos. Nos acréscimos, Wallace ainda desperdiçou oportunidade de ampliar.

América de olho no resultado de outros jogos

Esta vitória permitiu ao time potiguar escapar temporariamente da zona de rebaixamento, porém, os resultados dos jogos do Pouso Alegre e do Paysandu, ambos com 8 pontos, a serem realizados na segunda-feira (12), ainda são incertos. Dependendo dos resultados, essas equipes podem subir na tabela, forçando o América a retornar para o Z-4.

Próximos confrontos para América e Brusque

O América volta ao campo no próximo sábado, para enfrentar o Confiança, novamente na Arena das Dunas. No mesmo dia, o Brusque enfrentará o Figueirense no Estádio Augusto Bauer.

COMPARTILHE: