Leila banca reforço de peso para o Palmeiras contra o Fluminense

Para a partida tanto Abel Ferreira quanto Fernando Diniz deverão poupar titulares visando as oitavas de final da Libertadores
Palmeiras terá estreia de reforço de peso contra o o Fluminense (Foto: Divulgação/Palmeiras)
Palmeiras terá estreia de reforço de peso contra o o Fluminense (Foto: Divulgação/Palmeiras)

Na noite deste sábado (05), o Palmeiras vai ao Maracanã enfrentar o Fluminense em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro 2023. Para o duelo o Verdão terá um reforço de peso, o avião comprado pela presidente Leila Pereira foi e será usado pela primeira vez pela equipe.

O trajeto foi simples, o “Avião do Palmeiras“, partiu por volta das 16h00 (horário de Brasília), desta sexta-feira (04) do aeroporto de Sorocaba, no interior de São Paulo, com destino ao Rio de Janeiro, onde o Palmeiras enfrentará o Fluminense às 21h00 (horário de Brasília) neste sábado.

No início da noite desta sexta-feira a delegação desembarcou no Rio de Janeiro. Cria da base do Palmeiras, o volante Gabriel Menino registrou alguns momentos da viagem palmeirense.

“Avião do Palmeiras”

Alvo de críticas por parte de torcedores, o “Avião do Palmeiras“, na verdade não é do Palmeiras. Trata-se de uma compra realizada pela presidente do clube e empresária Leila Pereira, que o comprou com recursos próprios e não do clube.

Avaliada em US$ 64 milhões (R$ 305 milhões na cotação atual), a aeronave é um Jato Embraer E190-E2. A princípio a capacidade para 114 foi reduzida para 98 lugares, visando dar mais espaço, conforto e comodidade aos jogadores.

O avião terá prioridade de uso destinada ao Palmeiras, o que de acordo com a presidente do clube ocorrerá a “preço de custo” pela empresa Placar Linhas Aereas, também pertencente a Leila Pereira. A empresa não tem ainda autorização da Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) para operar comercialmente em voos, deste modo essa primeira viagem ocorreu como uma “cortesia” custeada pela presidente do clube.

Nesse sentido, o valor médio cobrado para uma viagem desta natureza em aeronave fretada é de cerca de R$ 200 mil. Assim matematicamente, o Palmeiras terá em suas viagens um custo reduzido significativo. Além é claro de toda a comodidade possível em poder escolher o melhor horário para o translado.

Além do Verdão, a Placar Linhas Aereas, quando autorizada a atuar comercialmente, estará disponível também para atender outros clubes de futebol. Contudo os valores não seriam os mesmos que para o Alviverde.

Com autonomia para viagens em todo o continente sul-americano (como ocorre na Libertadores), ao custo de cerca de R$ 1 milhão, o “Avião do Palmeiras”, poderá gerar ao clube um economia estimada entre 60% e 70%, em comparação com o fretamento de aeronaves, que era feito até então, segundo dados do GE.

COMPARTILHE: