“Estamos preparadas”, afirma Pia Sundhage em relação a França

A técnica da Seleção Brasileira destacou a evolução da equipe e chega otimista para o confronto deste sábado
"Estamos preparadas", afirma Pia sobre enfrentar a França (Foto: Thais Magalhães/CBF)
"Estamos preparadas", afirma Pia sobre enfrentar a França (Foto: Thais Magalhães/CBF)

Na manhã desta sexta-feira (28), a técnica da Seleção Brasileira de Futebol Feminino, Pia Sundhage destacou a evolução das meninas do Brasil. A equipe enfrentará na manhã deste sábado (29), a Seleção Francesa pela Copa do Mundo FIFA 2023 de Futebol Feminino.

Após dar um show na partida de estreia contra o Panamá, o Brasil terá neste sábado o seu segundo degrau no caminho para o título inédito. Desse modo as adversárias desta vez serão as francesas, que empataram com a Jamaica na primeira partida.

Assim, para o duelo que acontece no Suncorp Stadium, em Brisbane (AUS), Pia se mostrou otimista com a evolução das jogadoras brasileiras. A técnica já vem estudando as adversárias desde bem antes do mundial e acredita na vitória do Brasil.

“Há sempre um histórico quando você joga contra um time. E quanto mais tempo você joga contra um time, como a França, mais perto você chega da vitória. Isso é um fato, é uma questão de tempo. Temos uma oportunidade. Tento comparar 2019 com agora, está muito diferente. Quando eu observo a equipe, elas estão alegres, confiantes e acreditam que é possível. Este é o momento para jogarmos um ótimo futebol e vencer o jogo”, revelou Pia.

Atualmente, a Seleção Francesa é a 5ª colocada no ranking de seleções femininas da FIFA, enquanto o Brasil é o 8º. Nesse sentido, durante a preparação para o Mundial, a Seleção Brasileira enfrentou outras duas gigantes.

Desse modo, entre as Seleções do Top 5, as brasileiras enfrentaram a Inglaterra, atual 4ª colocada, e empataram em 1×1. Contra a Alemanha, atual 2ª colocada, a vitória do Brasil foi por 2×1.

Além das adversárias deste sábado e as enfrentadas antes do Mundial, estão à frente do Brasil: Estados Unidos (1ª), Suécia (3ª), Espanha (6ª) e Canadá (7ª). Os bons resultados contra algumas das favoritas foram importantes para dar confiança as meninas da Seleção Canarinho.

Enfrentar a Inglaterra, vencer a Alemanha, Chile e Panamá, nos dá confiança. A cada gol marcado, ganhamos confiança. E, como eu disse, procuramos criar uma atmosfera de ‘este é o momento’. Então, esta é a nossa oportunidade neste jogo específico contra a França”, afirma a treinadora.

Pia Sundhage assumiu o comando da Seleção Brasileira em 2019 e durante os últimos quatro anos contribuiu para mudanças importantes na forma de jogar da equipe. Contudo, o improviso e as jogadas de efeito ainda são destaque na Seleção e muito disso tem relação com o momento confiante da equipe.

“Depois de quatro anos, eu acho que as jogadoras fizeram um ótimo trabalho, porque não se trata apenas da posição e da forma como nós gostamos de defender, mas também de uma atitude determinada. Estou muito orgulhosa delas, e não conceder gols é extremamente importante. No final do dia, alcançar esse objetivo será mais importante, eu acredito, do que vencer a França. Mas estou orgulhosa das jogadoras, pois elas realizaram um excelente trabalho durante esses quatro anos”, finalizou.

Brasil x França

Brasil x França se enfrentam neste sábado (29), às 7h00 (horário de Brasília), pela segunda rodada da fase de grupos da Copa do Mundo FIFA 2023. A partida acontece no Suncorp Stadium, em Brisbane (AUS), e terá transmissão ao vivo pela TV Globo (TV Aberta), Sportv (TV Fechada) e Cazé TV (gratuito no You Tube).

COMPARTILHE: