Corinthians x Grêmio empatam em “jogo maluco” de oito gols

Enquanto o Timão saiu no lucro com o empate, o Imortal foi prejudicado pela arbitragem e teve um pênalti ignorado nos minutos finais da partida
Corinthians x Grêmio empatam em jogo de oito gols (Foto: Divulgação / Grêmio )
Corinthians x Grêmio empatam em jogo de oito gols (Foto: Divulgação / Grêmio )

Na Neo Química Arena, o Corinthians recebeu o Grêmio na noite desta segunda-feira (18), em partida atrasada do Brasileirão. Válido pela 15ª rodada da competição, o jogo terminou em um empate cheio de gols, emoções e mais uma polêmica com a arbitragem brasileira.

Em um confronto com histórico de cinco empates nos últimos seis duelos é de se esperar que a igualdade persista no placar. Apesar disso, nem o mais fanático dos torcedores de Corinthians e Grêmio apostariam em uma igualdade no placar por 4×4.

Vindos de derrotas pelo Brasileirão, Corinthians e Grêmio entraram em campo decididos a fazerem gols. Na teoria a receita era simples: “Aproveitar as falhas defensivas do adversário”.

Na prática, as equipes esqueceram também de cobrir os próprios erros defensivos. Eles estiveram presentes e foram decisivos na história do jogo.

Vantagem gremista

Com a bola rolando, o Grêmio, mesmo fora de casa, foi quem começou pressionando. Aos 20 minutos, em jogada pela esquerda, o Imortal abriu o placar com o meia Nathan. No lance, a marcação corintiana não acompanhou o meia gremista, que tabelou com o lateral-direito Fábio e recebeu dentro da área para abrir o placar para a equipe visitante.

Na sequência, seis minutos depois, o lateral-esquerdo Reinaldo cruzou na área e o meia Cristaldo, livre, cabeceou forte no contrapé do goleiro Cássio. Com 2×0 no placar, alguém poderia pensar que o jogo estava definido. Mas era só o começo de uma partida eletrizante!

Virada corintiana

Após pênalti em Renato Augusto, aos 41′ minutos de jogo, Fábio Santos foi para a cobrança. No estilo, o “Camisa 6” foi para a bola e soltou um míssil no canto do goleiro Gabriel Grando, para reduzir a diferença no placar.

Aos 49′ minutos, mais um gol para o Timão. Após cobrança de escanteio de Matías Rojas, Lucas Veríssimo subiu mais alto que a zaga gremista. No desvio pelo alto, Grando não teve a mínima chance de defesa.

Se o empate já fez a Neo Química Arena explodir, o que falar então da virada no minuto seguinte? Aos 50′ minutos de jogo, Maycon cruzou e Yuri Alberto foi mais rápido que a linha de impedimento do Grêmio e cabeceou firme para virar o placar para o Timão ainda no primeiro tempo.

“Vira Virou”

Após tomar uma virada como essa, o torcedor do Grêmio pode ter pensado: “bah, agora já era”. Mas é por coisas assim que amamos tanto o futebol.

Logo no início do segundo tempo, o Grêmio apostou suas fichas na pressão ofensiva e conseguiu resultados. Aos 05′ minutos de jogo, Everton Galdino recebeu do atacante JP Galvão, carregou da direita para a esquerda da entrada da área e soltou uma bomba indefensável para Cássio. 3×3, não perca as contas!

Na sequência do empate, o Grêmio cresceu na partida e aos 09′ minutos abriu mais uma vez a vantagem no placar com Luis Suárez. Após tabelar com Villasanti, El Pistoleiro recebeu uma enfiada de bola pela direita da área Corintiana e bateu de bico no primeiro toque, antecipando qualquer possível reação de Cássio.

Empate vindo do banco

Novamente atrás no placar o Corinthians precisava de uma solução milagrosa. E ela viria aos 21′ minutos de partida.

Na expectativa de uma reação, o técnico Vanderlei Luxemburgo mandou a campo Wesley e Giuliano no lugar de Pedro e Moscardo. A mudança aos 17′ minutos de jogo já mostraria seus resultados quatro minutos depois.

Quando Wesley recebeu na esquerda, já marcado, o experiente Fábio do Grêmio pode ter pensado que era uma jogada sob controle. Mas o engano custou caro e no bote, o lateral já não encontrou mais o moleque corintiano, que puxou um, dois marcadores e encontrou Giuliano dentro da área do Tricolor Gaúcho. Com a bola nos pés o meia corintiano conseguiu finalizar entre quatro marcadores, tirando do alcance de Grando. Final Corinthians 4×4 Grêmio!

Mais um vexame para a arbitragem brasileira

Já muito questionada, a arbitragem brasileira se envolveu em mais um lance absurdo. Aos 47′ minutos do segundo tempo, após tentativa de cruzamento do ponta Ferreirinha, a bola claramente pega no braço de Yuri Alberto dentro da área.

Contudo, o árbitro Wilton Pereira Sampaio confirmou o escanteio para o Grêmio. O jogo parou para a verificação do VAR, mas a arbitragem de campo nem chegou a ir ao vídeo para avaliar.

Sem o pênalti marcado, a equipe do Grêmio sentiu-se prejudicada e o presidente do Clube, Alberto Guerra não poupou críticas. O mandatário descreveu a atuação do árbitro no lance como “vergonhosa“.

“Não posso deixar passar o que aconteceu. É vergonhoso. Um pênalti claríssimo não dado. Não vou tirar a responsabilidade do árbitro que deveria ter visto, mas o VAR tinha o dever de chamar e não chamou. O Grêmio mais uma vez é prejudicado. Já fizemos duas reclamações para a CBF e faremos de novo”, declarou o presidente gremista.

Ao falar sobre o lance o técnico Renato Portaluppi também foi taxativo com a arbitragem. E classificou o erro como algo “inadmissível”.

“Errar é humano, mas quando tem a ferramenta do VAR e sabe as regras do jogo, é inadmissível não ter dado esse pênalti. Gente do Corinthians falou que foi pênalti. Duvido alguém olhar e dizer que não foi pênalti. Eu perguntei pro árbitro e ele falou que o jogador estava com o braço para trás. A CBF deveria divulgar o áudio desse lance. Gostaria de perguntar para o Emerson, ao Seneme também. Nós também conhecemos as regras. O árbitro do jogo esperou bastante para ele analisar”, lamentou o treinador.

Próximos jogos das equipes

Com o resultado o Grêmio permanece na terceira colocação na tabela e segue quatro pontos atrás do segundo colocado, o Palmeiras, e 11 em relação ao líder. Enquanto isso o Corinthians também não foi beneficiado pelo resultado e segue na 14ª colocação, agora com 27 pontos.

As equipes retornam a campo ainda nesta semana pela 24ª rodada do Brasileirão. Enquanto o Grêmio receberá o Palmeiras na Arena Grêmio na próxima quinta-feira (21), às 21h30 (horário de Brasília). O Corinthians receberá o líder Botafogo na Neo Química Arena, na próxima sexta-feira (22), às 20h00 (horário de Brasília).

COMPARTILHE: