enem 2017 portal n10
Foto: Valter Campanato/Agência Brasil

Pouco mais de 44 mil candidatos faltaram, neste domingo (5), na primeira prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2017), no Rio Grande do Norte. Em todo país, estiveram ausentes pouco mais 2 milhões de pessoas. A avaliação do Enem incluía redação, linguagens e ciências humanas.

Dados divulgados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) revelaram que 44.019 mil – dos 159.486 inscritos, foram considerados ausentes no Estado.

Candidatos que tiveram direito à isenção de pagamento e faltarem nos dois dias de prova, devem justificar a ausência no sistema de inscrição para não perder o benefício em 2018.

Eliminados – Foram registrados, em todo o país, 273 casos de eliminação por descumprimentos de regras do edital, a exemplo de uso de equipamento eletrônico e por detecção de metais. O ministro da Educação, Mendonça Filho, optou por não especificar os locais.

Dentre os casos apresentados em coletiva esteve o de um candidato que usava fone de ouvido e foi parar na delegacia por descumprir o edital que obrigava guardar o equipamento em porta-objetos; já outro saiu correndo do local de prova e tirou uma foto, sendo detido minutos depois por equipe de segurança.

Teve até quem fumou maconha em uma das salas, mas neste caso não houve eliminação porque policiais entenderam que a quantidade era destinada ao consumo próprio. Com o cigarro apagado, o candidato terminou a prova normalmente.

Segunda etapa do Enem – No próximo domingo (12), os inscritos voltam aos mesmos locais de prova para a segunda fase que inclui matemática e ciências da natureza. Os portões abrem de acordo com o horário de Brasília, sendo fechados uma hora depois. Mais informações no site do Inep.

Para mais notícias do Rio Grande do Norte, clique aqui!

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.