Em união com municípios, Governo do RN propõe ações para aumentar isolamento

Em união com municípios, Governo do RN propõe ações para aumentar isolamento

Em união com municípios, Governo do RN propõe ações para aumentar isolamento

Romário Nicácio junho 1, 2020 Coronavírus

Em uma reunião realizada na tarde desta segunda-feira (1º) por videoconferência, a governadora Fátima Bezerra propôs um ‘pacto pela vida’ aos prefeitos da 7ª região de saúde formada pelos municípios de Natal, Extremoz, São Gonçalo do Amarante, Macaíba e Parnamirim para que seja possível superar a pandemia.

Na ocasião, a chefe do Executivo estadual apelou pelo envolvimento dos municípios no cumprimento e fiscalização das medidas, de forma que o Decreto estadual em vigor possa, de fato, ser posto em prática no cotidiano da população do Rio Grande do Norte. 

Para tanto, foi criada uma comissão entre o Governo Estadual e os municípios para definir ações concretas, tais como as blitzen que já vêm acontecendo, rondas nos bairros e comércios, proibição de circulação em áreas públicas, fechamento de acesso às praias e controle de trânsito. Foi proposta, ainda, uma ação integrada das forças de segurança do Estado e municípios e dos Procons, de forma a intensificar a fiscalização do cumprimento das medidas

“Estamos destacando como é importante a participação municipal nessa hora. O Governo segue abrindo leitos nos hospitais, cedendo equipamentos, convocando profissionais, mas se as pessoas não ficarem em casa, esta batalha se tornará cada vez mais difícil. Por isso o engajamento das prefeituras nessa luta é decisiva, assim como a integração dos órgãos de fiscalização, sob pena de não termos eficácia. Só assim vamos conseguir vencer a pandemia, contando com o apoio também da sociedade”, disse a governadora. 

Marise Reis, membro do comitê científico montado na Secretaria Estadual de Saúde (Sesap) para o enfrentamento da covid-19, observou que apenas o primeiro decreto estadual foi plenamente cumprido e que a consequência do não cumprimento dos demais, com a queda do isolamento social, foi o aumento do número de óbitos. “Cumprir o decreto é a nossa última saída”, enfatizou a especialista.

Presentes à reunião, os representantes do Comitê de Especialistas, Caroline Maciel, do Ministério Público Federal, e Eudo Leite, Procurador-Geral de Justiça do Ministério Público Estadual, reafirmaram a importância dessas medidas para o resgate do distanciamento social adequado e o impedimento de aglomerações. “É urgente e necessário o cumprimento das medidas de isolamento e o papel das prefeituras é imprescindível para que isso aconteça, através da fiscalização”, reforçou Eudo Leite.

Ao participarem da videoconferência, os prefeitos Rosano Taveira (Parnamirim), Fernando Cunha (Macaíba), Joaz Oliveira (Extremoz) e Paulo Emídio (São Gonçalo do Amarante) declararam que notaram o aumento de pessoas nas ruas de suas cidades e foram enfáticos ao assumirem que endurecerão medidas de isolamento.

Na próxima sexta-feira (05), finda o prazo do atual decreto estadual em vigor e as medidas acertadas na videoconferência se tornam necessárias devido ao crescimento constante no número de óbitos registrados, associado ao baixo índice de isolamento social cumprido pela população potiguar – que no último fim de semana foi de apenas 42%, quando o ideal é de 70%.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial.

Outros artigos