Papa-francisco

(ANSA) – O papa Francisco recebeu na sexta-feira (8) um grupo de tenistas e representantes da Federação Italiana de Tênis e condenou o uso de doping.

“O seu é um esporte muito competitivo, mas a pressão de querer conseguir resultados significativos não deve os empurrar a tomar atalhos como o doping. Como é feia e estéril aquela vitória que é conseguida burlando as regras e enganando os outros”, destacou o Pontífice.

O sucessor de Bento XVI ressaltou que os atletas sejam “modelos a serem imitados” por aqueles que os admiram e que todos eles, esportistas e dirigentes, têm a missão de darem “bom testemunho”. Para ele, a atividade esportiva “gera interesse porque ela está no coração do homem, de todos os homens, e incide sobre a formação da pessoa, suas relações e sua espiritualidade”.

Citando o apóstolo Paulo, o líder dos católicos diz que os desafios do esporte devem ser utilizados na vida, para buscar sempre o melhor. “Eu peço a cada um de vocês a se colocar em jogo não só no esporte, como vocês já fazem com ótimos resultados, mas na vida, na busca do bem, do verdadeiro bem, sem medo, com coragem e entusiasmo. Coloquem-se em jogo com os outros e com Deus, dando o melhor de si mesmo. Coloquem os vossos talentos a serviço do encontro entre as pessoas, da amizade e da inclusão”, finalizou Francisco.

Fanático por esportes, Jorge Mario Bergoglio costuma receber delegações esportivas com certa frequência. Ele já recebeu times de futebol, como o San Lorenzo e o Bayern de Munique, e atletas olímpicos italianos.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.