Mundo

Desenvolvedor da bomba atômica se diz ‘feliz’ pelas explosões no Japão

Um dos desenvolvedores da primeira bomba atômica, Lewis G. Doom, disse ter ficado feliz depois de explosões nucleares em Hiroshima e Nagasaki nos dias 6 e 9 de agosto de 1945, em entrevista ao “The Verge”. As informações são do Actualidad RT.

Lewis G. Doom é uma das pessoas que trabalhou no Los Alamos National Laboratory, EUA, em 1944, no Projeto Manhattan, as pesquisas que culminaram com duas detonações nucleares no Japão no final da II Guerra Mundial. Doom disse em entrevista ao “The Verge” que estava muito feliz após a explosão de bombas nucleares sobre o Japão . “O número de japoneses mortos eram muito pequenos em comparação com o número de americanos mortos e feridos”, disse o Doom.

O cientista, que agora tem 92 anos, diz que sua tarefa, analisando plutônio e suas características, foi uma pesquisa muito interessante. Doom disse que gostava de trabalhar em segredo, apesar de ignorar a finalidade do mesmo. Segundo ele, a única coisa que lhe disseram no Los Alamos foi que o projeto poderia ter grande influência sobre a guerra.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.